Despedida! São Paulo anuncia venda de Rigoni

Nesta sexta-feira (29), o São Paulo confirmou a venda do atacante Emiliano Rigoni. Em suma, o atacante argentino de 29 anos deixa o clube rumo ao Austin FC, dos Estados Unidos. Segundo apuração do GE, o clube paulista deverá embolsar cerca de 20,8 milhões pelo atleta. Ademais, ele deixa a equipe com 70 jogos e 13 gols.

A saber, Rigoni chegou para reforçar o ataque tricolor em 2021. Ainda na era Hernán Crespo, o argentino obteve grande êxito em suas primeiras partidas. Aliás, foi peça fundamental na campanha são-paulina. Desse modo, ajudou a equipe na luta contra o rebaixamento, marcando muitos gols e dando assistências.

No entanto, o rendimento do jogador caiu muito depois da saída de Crespo do comando do time. Decerto, a má fase veio acompanhada de perda de espaço no time titular. E, assim, Inevitavelmente, o time foi atrás de propostas pelo atacante.

O jogador que ficou fora dos relacionados para o confronto da última quinta-feira (28), pela Copa do Brasil, se despediu da torcida em carta aberta publicada em uma rede social. Assim sendo, Rigoni começa o texto afirmando a difícil missão de dizer adeus ao clube.

Gente, hoje tenho que me despedir de vocês, algo muito difícil para mim porque desde o primeiro dia senti uma sensação incrível…é por isso que é difícil dizer adeus, mas assim como na vida no futebol também tem que tomar decisões difíceis para continuar avançando e crescendo…

Da mesma forma, o argentino apontou o sentimento de felicidade e orgulho por ter vestido uma “camisa tão grande e com tanta história como a do São Paulo”.

Além disso, o compatriota, Jonathan Calleri, se despediu do ex-companheiro de São Paulo. Dessa maneira, o argentino, por meio de rede social, publicou foto ao lado de Emiliano. Bem como, escreveu: “uma das melhores pessoas que conheci, o melhor nesta nova etapa, gosto muito de você, raiozinho”.

Emiliano Rigoni no São Paulo

Emiliano Rigoni começou a carreira no Belgrano, clube de seus país natal. Posteriormente, passou pelo Independiente, onde conquistou a Sul-Americana em 2017. Na sequência foi jogar no Zenit da Rússia.

Depois disso, na Itália, atuou na Atalanta e Sampdoria. Fez um breve retorno ao clube russo até chegar ao Elche, da Espanha. Enfim, em maio do ano passado foi comprado pelo São Paulo, para ficar por três temporadas. No entanto, a passagem não durou muito tempo.

Sou jornalista. Já me aventurei no jornalismo impresso, assessoria de comunicação e sites de notícias. Como a minha grande paixão sempre foi o futebol, arrumei um jeito de dedicar o [...]