Mesmo não estando em sua melhor fase financeiramente, onde de quebra está há quase três anos sem ganhar nenhum título, o Corinthians foi considerado pela revista Forbes México, o clube brasileiro mais valioso das Américas.

Segundo a edição da revista divulgada nesta semana, o cálculo para chegar a essa conclusão levou em conta o estádio que a equipe possui, seus contratos de patrocínios e seu elenco.

Entre os clubes brasileiros, o Timão foi considerado o mais bem avaliado, com um valor total de US$ 582,3 milhões - cerca de R$ 3.166.270.000,00.

Esse número segundo a Forbes México se deve muito também pela parceria com a Nike e como já declarado acima, a existência da Neo Química Arena.

A definição para chegar a essa conclusão, também levou em conta o engajamento dos torcedores do Corinthians, mas o principal ponto sem dúvida é o patrimônio alvinegro.

Para se ter uma ideia do quanto vale o Timão, o Flamengo, principal concorrente do clube paulista, foi avaliado em US$ 190 milhões - cerca de R$ 1 bilhão, uma vez que não conta com estádio próprio. O Rubro Negro tem parceria com a Adidas.

Entre os clubes das Américas, o único que supera o Corinthians é o Atlanta United, dos EUA, avaliado pela revista em R$ 9 bilhões - três vezes mais que o clube brasileiro.

Confira o TOP FIVE da Forbes

1º - Atlanta United - 1,482 bilhão de dólares

2º - Corinthians - 582 milhões de dólares

3º - Palmeiras - 525 milhões de dólares

4º - Los Angeles FC - 474 milhões de dólares

5º - New England Revolution - 352 milhões de dólares