Numa decisão que reunia os dois maiores vencedores da Champions League - da Ásia, o Al Hilal ao derrotar o Pohang Steelers pelo placar de 2 a 0 nesta terça-feira, garantiu sua vaga no Mundial de Clubes da FIFA.

Com gols de Al Dawsari e Marega, o Al Hilal representará o continente na disputa do Mundial de Clubes, em fevereiro de 2022.

Essa será a segunda participação do time no torneio organizado pela FIFA, com a primeira sendo em 2019, quando a equipe fora eliminada para o Flamengo, na semifinal; Flamengo que poderá ser novamente seu adversário no Mundial, caso vença o Palmeiras na grande decisão da Libertadores da América (final no sábado - 27).

Comandada pelo técnico português Leonardo Jardim, a equipe do Al Hilal ainda conta em seu elenco de jogadores com o brasileiro Matheus Pereira.

Assim, com a classificação do clube representante do continente asiático, restam apenas a definição do representante sul-americano na edição 2021 do Mundial de Clubes da FIFA, que repetimos, será disputado somente em 2022.

Títulos da Champions League Asiática

Dentro da decisão da Champions da Ásia, o Al Hilal é o clube com maior número de conquistas do torneio, com quatro títulos, seguido por Pohang Steelers (três títulos) e depois mais 11 clubes com dois títulos e mais 12 com a conquista de uma taça, entre eles o Al Ain, Jubilo Iwata e Kashima Antlers.

Confira os times com vaga no Mundial de Clubes 2021

  • Chelsea - Inglaterra
  • Al Hilal - Arábia Saudita
  • Al Ahly - Egito
  • Monterrey - México
  • Aucland City - Nova Zelândia
  • Al-Jazira - Emirados Árabes
  • Flamengo ou Palmeiras - Brasil