Já classificada para a Copa do Mundo de 2022, a Seleção Argentina visita nesta quinta-feira - 27 de janeiro, a Seleção Chilena, em duelo válido pela décima quinta rodada das Eliminatórias Sul-Americanas. A partida que está marcada para iniciar às 21h15 (Horário de Brasília) ocorrerá no Estádio Municipal de Calma, em Calma, no Chile.

Com dez seleções participantes, as Eliminatórias Sul-Americanas são disputadas em sistema de pontos corridos, com turno e returno. As quatro melhores garantem vaga direta para a Copa do Mundo, a quinta colocada vai para a repescagem, onde disputa uma vaga com o campeão das Eliminatórias da Oceania.

Chile x Argentina; Onde assistir ao vivo

O confronto entre Chile e Argentina, válido pela 15ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas, terá transmissão ao vivo no Brasil pelos canais Sportv (TV fechada), a partir das 21h15 (Horário de Brasília), desta quinta-feira (27). Veja a ficha técnica da partida abaixo:

CHILE X ARGENTINA
Horário: 21h15 (Horário de Brasília)
Estádio: Municipal de Calama
Onde assistir: SPORTV (TV fechada)
Competição: 15ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo 2022

Prováveis escalações

Chile

Com derrota para o Equador no último jogo das Eliminatórias, ficando assim com 16 pontos no torneio, na sexta colocação, os chilenos deixaram de acessar a zona de classificação para a próxima edição da Copa do Mundo.

A um ponto de distância para a Colômbia, quarta colocada nesta competição, o Chile que escolheu jogar longe da capital, precisa voltar a vencer se ainda quiser seguir sonhando com uma das duas vagas restantes para o Catar.

Assim, deve vir escalado com: Bravo; Isla, Kuscevic, Medel e Maripan; Aránguiz, Baeza, Galdames e Pulgar; Vargas e Alexis Sánchez.

Argentina

Por sua vez, a Argentina já classificada nestas eliminatórias, chega ao Chile para cumprir tabela e rodar seu elenco.

Desta forma, sem Messi, o técnico Lionel Scaloni deve mandar a campo a seguinte equipe: Armani; Molina, Montiel, Otamendi e Tagliafico; Paredes, De Paul e Lo Celso; Angel Di Maria, Correa e Lautaro Martínez.