Chelsea contrata espanhol Marc Cucurella, ex-jogador do Brighton

Segundo informações do jornalista Fabrizio Romano, especialista em mercado de transferência europeia, o Chelsea contratou o polivalente ex-Brighton, Marc Cucurella. Os Blues pagaram cerca de 52 milhões de euros (R$ 279 milhões) pelo espanhol. Assim, o lateral esquerdo/meia vai estar em Londres nesta quinta-feira (4), onde realiza exames e assina até junho de 2028.

Moeda de troca?

Em resumo, na negociação, os Blues vão acabar envolvendo o nome de Levi Colwill, zagueiro de 19 anos que tem passagem pelas categorias de base da seleção inglesa. Atualmente, o jogador integra o Sub-23 da equipe do futebol da Terra da Rainha.

Marc Cucurella vice-campeão das Olímpiadas

Marc Cucurella esteve presente nas Olimpíadas de Tóquio, que foi realizado em 2021. Dessa maneira, chegou na final do futebol masculino com a seleção da Espanha. Porém, perdeu nos pênaltis para o Brasil. Logo, ficando com o vice-campeonato.

Ainda assim, a equipe londrina não conseguiu chegar a um acordo com o City por Nathan Aké. Por conta disso, agora estão buscando alternativas depois de já terem contratado Kalidou Koulibaly, ex-Napoli. Dessa forma, acredita-se que Cucurella esteve aberto a uma mudança para o Londres, com o técnico Thomas Tuchel vendo o lateral-esquerdo da seleção da Espanha como um possível zagueiro pela esquerda.

Revelado pelo Barcelona, não teve espaço no time principal do clube Catalão. Sendo assim, jogou no Eibar e Getafe antes de rumar à Premier League. Nesse sentido, o clube de Todd Boehly também perdeu Jules Koundé, zagueiro ex-Sevilla que foi anunciado nos Culés. Andreas Christensen e Antônio Rüdiger também foram embora.

De acordo com a publicação do The Athletic, os Blues poderiam contratar Walker-Peters por cerca de 35 milhões de libras (R$ 223 milhões). O jogador de 25 anos seria um concorrente direto para Reece James, que perdeu 16 partidas por lesão na última temporada.

Wesley Fofana, do Leicester City, também é uma opção. Mas, a equipe do King Power Stadium não quer vendê-lo e estipula uma hipotética transferência por 85 milhões de libras (R$ 543,5 milhões).

Foto destaque: John Prada 

Sou Caio, tenho 23 anos, faço jornalismo. Procuro me especializar em Jornalismo Esportivo e meu maior sonho é comentar uma Copa do Mundo