Depois do Bahia entrar com representação junto a Confederação Brasileira de Futebol, a entidade máxima entende que o tricolor tem "razão" no que tange sua reclamação em lance que abriu caminho para o triunfo do Flamengo na semana passada.

A mesma divulgou uma nota na madrugada desta quarta-feira (17), onde apresentou o parecer da ouvidoria de arbitragem do jogo entre Flamengo x Bahia, disputado na última semana, no Maracanã e vencido pelo time carioca.

Dando razão ao reclamante, a CBF então divulgou uma nota onde dizia o seguinte:

"As informações de mão só ocorrem quando há efetivo contato da bola com a mão/braço de um jogador. Assim, ao analisar os lances da espécie, cabe ao VAR, antes de tudo, se certificar se houve o indispensável contato. Só a partir daí é possível considerar as circunstâncias do toque para definir se houve ou não infração", destaca trecho da nota escrita pelo ouvidor Manoel Serapião Filho, que ainda revela que o VAR não disse que a bola não tinha tocado no braço de Conti:

"Não obstante, a bem da verdade, embora sem pretender minimizar o erro do árbitro, é preciso afirmar que o VAR não disse que a bola não tocou no braço do defensor, como o reclamante afirma, mas, ao contrário, menciona que a bola tocou no peito do defensor e após em seu bíceps".

Terceira rodada seguida com erros contra o Bahia

Essa não é a primeira vez que a CBF reconhece erro contra o Tricolor Baiano; antes, a entidade máxima do futebol nacional já tinha através de um parecer, reconhecido erros contra o Bahia em jogos diante do São Paulo e América-MG.

A direção do time baiano entrou com representações contra a arbitragem nas três situações.

Próximo jogo do Bahia pela Série A do Brasileirão

O Tricolor Baiano volta a campo pela Série A nesta quinta-feira - 18 de novembro, diante do Sport, pela 33ª rodada do campeonato nacional. O duelo está marcado para as 21h (de Brasília), em Recife.