Segundo informações publicadas pelos site "GE", os diálogos dos árbitros com a equipe que comandam o VAR durante uma partida de futebol, passarão a ser divulgadas.

Sim, segundo o site acima citado, integrantes da Comissão de Arbitragem já teriam definido os protocolos de divulgação destes áudios, sendo que a novidade passará a valer já a partir da rodada 31 da Série A do Brasileirão, que iniciaram no dia 10 de novembro.

A decisão foi tomada pelo presidente interino da Confederação Brasileira de Futebol - CBF - Ednaldo Rodrigues.

Antes desse, a entidade seguia determinação da FIFA, onde em fevereiro de 2020 a IFAB - International Football Association Board, proibia a divulgação de conversas entre os árbitros, assistentes e os operadores do VAR durante as partidas.

Intenção da CBF com a medida

De acordo com a matéria do GE, a CBF com essa ideia tem a intensão de dar aos torcedores e dirigentes uma maior transparência nas decisões do VAR.

Vale lembra que essa medida já é utilizada pela Conmebol, que desde 2019 divulga os diálogos do VAR nas partidas válidas pela Libertadores, Copa Sul-Americana e Eliminatórias.

Esse áudio é sempre liberado um dia após os jogos.

VAR no futebol Brasileiro

Lembramos que o árbitro de vídeo começou a ser utilizado em competições nacionais em 2018 e desde então a CBF se recusava a divulgar tais áudios entre os árbitros e a cabine durante os jogos, com rara exceções quando haviam pedidos formais.

Obviamente que os áudios do VAR não serão apresentados durante as partidas, mas sim sempre posterior a essas.