Polêmica sem fim: CBF detona João Martins e Palmeiras responde na mesma moeda

Uma polêmica envolvendo a entidade e o Verdão viralizou. A CBF detonou João Martins, que foi defendido pelo Palmeiras

No último domingo (2), o Palmeiras empatou por 2 X 2 com o Athletico-PR, fora de casa, pela 13ª rodada do Brasileirão. Com o resultado, o Verdão ficou na 4ª posição com 23 pontos, 10 a menos que o líder Botafogo.

Contudo, a partida ficou marcada pelas polêmicas. O árbitro expulsou Gustavo Garcia ao marcar bola na mão na área do Palmeiras. O Furacão aproveitou o pênalti para buscar a reação no jogo.

Por outro lado, o Verdão ficou na bronca com a arbitragem por não expulsar Zé Ivaldo, que deu uma cotovelada na nuca de Endrick. Como Abel Ferreira estava suspenso, o auxiliar técnico João Martins fez protestos à CBF.

Nesta segunda-feira (3), a entidade detonou João Martins. Já o Palmeiras respondeu na mesma moeda.

João Martins X CBF

Tudo começou quando João Martins questionou os erros de arbitragem no futebol brasileiro alegando um suposto esquema. Como justificativa, o auxiliar técnico acredita que o sistema não quer ver o Verdão campeão:

“Nós entendemos que o futebol brasileiro passa uma imagem de que é o mais competitivo do mundo porque ganham vários. Mas ganham vários porque, muitas vezes, não deixam os melhores ganhar. É ruim para o sistema o Palmeiras ganhar dois anos seguidos”.

Além disso, João Martins classificou a primeira advertência a Garcia como “inacreditável”. Em seguida, o diretor de futebol do Palmeiras, Anderson Barros, encerrou a entrevista coletiva:

“Deu amarelo ao Garcia por atrasar um lateral. Inacreditável. O Brasil é especialista em perder tempo. Por isso na Europa não se vê jogos do Brasil”.

Através de nota oficial, a CBF declarou que a entrevista de João Martins foi um “festival de grosserias” e uma tentativa xenofóbica de diminuir o Brasileirão mundo afora. A entidade ainda prometeu ir ao Tribunal Superior de Justiça Desportiva (STJD) para que o auxiliar de Abel explique qual seria o esquema.

O Palmeiras não perdeu tempo para sair em defesa de João Martins. Em um comunicado, o Verdão rebateu as falas da entidade e contestou que houve xenofobia por parte do auxiliar técnico. Outras polêmicas recentes de arbitragem também foram citadas.

Matheus CristianiniMatheus Cristianini

Jornalista de 23 anos formado pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Passagens por Rádio Unesp FM, Antenados no Futebol e Bolavip Brasil. Apaixonado por tudo o que envolve o futebol. Tanto dentro, quanto fora das quatro linhas.