América-MG x Fortaleza: onde assistir ao vivo, horário e escalações

Confira América-MG x Fortaleza: onde assistir ao vivo, horário e escalações, em jogo que acontece neste sábado (20), a partir das 18h30 (horário de Brasília), válido pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A. A competição é por pontos corridos com 38 rodadas e junta as 20 melhores equipes do país para disputar o título de campeão brasileiro. Atualmente, o Palmeiras é o último a conquistar a taça mais desejada do Brasil.

As duas equipes vivem momentos diferentes na temporada, onde o América busca sua primeira vitória na competição e o Fortaleza tenta somar mais três pontos, após ganhar duas partidas e empatar quatro. Nesse sentido, os donos da casa chega para o confronto depois de perder por 4 x 0 dentro de casa para o Cruzeiro. Já o Leão, vem para o duelo depois de empatar, em 0 x 0, com o Grêmio, na Arena Grêmio, em Porto Alegre. Portanto, confira onde assistir ao duelo entre as duas equipes e a ficha técnica.

América-MG x Fortaleza: onde assistir ao vivo

O duelo entre América-MG e Fortaleza acontece neste sábado (20), às 18h30 (horário de Brasília), válido pela 7ª rodada da Campeonato Brasileiro. Sendo assim, o confronto será transmitido pelo canal fechado Premiere.

Ficha técnica América-MG x Fortaleza:

  • Jogo: América-MG x Fortaleza
  • Horário: 18h30 (horário de Brasília)
  • Local: Estádio Raimundo Sampaio
  • Competição: Campeonato Brasileiro Série A
  • Rodada: 7ª rodada
  • Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
  • VAR: Daiane Muniz

Escalação América-MG

 
 
 
 
 
 
 
 
 
78Renato Marques
37Everaldo
5Emmanuel Martínez
27Mateus Gonçalves
28Breno Cascardo
21Lucas Kal
25Marcinho
4Wanderson
3Iago Maidana
22Danilo Avelar
14Mateus Pasinato

Escalação Fortaleza

 
 
 
 
 
 
 
 
 
9Juan Martín Lucero
11Romarinho
35Hércules
27Calebe
8Caio Alexandre
88Lucas Sasha
6Bruno Pacheco
4Titi
3Brayan Ceballos
20Dudu
1João Ricardo
Carolina Castro Carolina Castro

Tenho 25 anos e sou formada em jornalismo. Desde criança desenvolvi o gosto por esporte e por isso escolhi ser jornalista. Foi a profissão que me deixou mais próxima daquilo que mais amo: falar e escrever sobre esporte.