Agora sim! Roma acerta contratação de Georginio Wijnaldum, do Paris Saint-Germain

A Roma, enfim, acertou a contratação por empréstimo do meio-campista holandês, Georginio Wijnaldum, de 31 anos, da equipe do Paris Saint-Germain. A informação é do jornalista Fabrizio Romano, especialista em mercado de transferência europeia. Este é o segundo grande reforço de “La Mágica”, que já tinha anunciado Paulo Dybala.

Negócio abre caminho para Renato Sanches

Em contrapartida, o clube do Parc des Princes está pronto para acertar-se com Renato Sanches, do Lille. Ainda assim, no negócio, há uma opção de compra de 30 milhões de euros (R$ 160 milhões), caso o clube italiano se classifique para Liga dos Campeões. O ex-jogador do Liverpool chegou como agente livre no verão passado e recebeu um salário de cerca de 9 milhões de euros (R$48 milhões) por temporada.

Negociação de Georginio Wijnaldum com a Roma se arrastou

As negociações se arrastaram por semanas e esperava-se que o avanço final fosse alcançado hoje, mas ainda não há acordo.

De acordo com a Sky Sport Italia, a situação continuava complicada e a Roma pediu a Wijnaldum que fizesse um sacrifício. Assim, abrindo mão de uma parte de seu salário. Sendo assim, o PSG já está cobrindo aproximadamente metade do salário durante o período de empréstimo, mas isso ainda é demais para os Giallorossi.

Desse modo, Georginio Wijnaldum sempre esteve determinado a manter todo o dinheiro que lhe foi prometido para esta temporada. Incluindo os bônus e complementos relacionados ao desempenho.

No entanto, não conseguiu ter um bom desempenho na equipe francesa e disputou apenas 38 jogos na última temporada. Com a chegada de Vitinha e um possível acerto com Renato Sanches, o jogador perderá ainda mais espaço na equipe de Christophe Galtier, que já teria dado o aval para o empréstimo do atleta à Roma.

Carreira de Wijnaldum desde a Holanda

A principio, aos seis anos, se desenvolveu rapidamente no Sparta Roterdã. Assim, ganhou dois títulos nas duas primeiras temporadas. Logo atraiu a atenção de clubes como Ajax, PSV e Feyenoord. Entretanto, recusou as ofertas e decidiu continuar jogando no Sparta Roterdã por mais sete anos, representando as seleções de base da Holanda.

Anos depois, aceitou a oferta do Feyenoord, pois estava convencido que jogar por este clube seria o melhor para o seu desenvolvimento como um jogador de futebol.

Foto destaque: Lucca Di Francesco

Sou Caio, tenho 23 anos, faço jornalismo. Procuro me especializar em Jornalismo Esportivo e meu maior sonho é comentar uma Copa do Mundo