Além dos 12 mil ingressos destinados aos dois times finalistas da Champions League, a UEFA anunciou nesta semana que irá colocar a disposição mais 1.700 ingressos a venda para essa decisão, entre Chelsea x Manchester City, no próximo sábado.

A medida vem logo após o governo português liberar a presença de 16.500 torcedores no estádio do Dragão - local da final da Champions League na temporada 2020/2021.

Diferentemente dos destinados aos clubes aqui em destaque e dos 1.700 ingressos ao público em geral, o restante desses para fechar o número de 16.500 ingressos serão disponibilizados aos patrocinadores - 2.800 ingressos.

O valor dos ingressos que ficarão a venda para o público em geral serão vendidos através do site oficial da UEFA, ao valor que variam entre 70 a 600 euros, ou seja, entre R$ 460 a R$ 3,9 mil na cotação atual.

Teste negativo para a COVID-19

A entidade máxima do futebol europeu voltou a avisar que para esses que forem adquirir os ingressos para a grande decisão, terão eles que apresentar um teste negativo para a COVID-19 ao chegarem à bilheteria do Estádio do Dragão.

Esses torcedores deverão apresentar um teste PCR datado de 26 a 29 de maio ou um teste rápido antígeno datado entre 28 a 29 do mesmo mês.

Além disso, os torcedores que vierem de fora de Portugal terão que cumprir com os procedimentos determinados pelas autoridades nacionais para a entrada no país em questão.

Final da Champions League

A grande decisão da Champions League - temporada 2020/2021 será realizada neste sábado - 29 de maio, às 16h (de Brasília), no Estádio do Dragão - em Portugal. Chelsea e Manchester City disputam a "orelhuda", como também é conhecida a taça da competição.