Após despedida de Lionel Messi, torcedores do Barcelona tentam barrar acerto do argentino com o Paris Saint-Germain. Segundo as últimas informações da imprensa espanhola, sócios do clube catalão realizaram denúncias a Comissão Europeia contra o clube francês por não cumprimento ao fair play financeiro.

Se a corte aqui em questão acatar o pedido destes torcedores do clube espanhol, Lionel Messi poderá ser impedido de assinar com o Paris Saint-Germain, segundo o jornal "Marca".

"Os índices do PSG em termos de fair play financeiro são piores que os do Barcelona. Na temporada 2019/2020, a relação entre salários e rendimentos da equipe de Paris era de 99%, enquanto do Barcelona era de 54%", diz trecho da denúncia apresentada pelos torcedores catalães.

No entanto, salientamos que para Messi ficar impedido de assinar com o PSG, a denúncia terá que ser acatada antes que o jogador assine o contrato com seu "novo" clube. Uma vez esse contrato assinado, as leis trabalhistas o protegerão, o que demandaria um tempo maior até a abertura de um possível processo.

Pra que serve o Fair Play Financeiro?

O fair play financeiro foi criado no futebol para evitar que as equipes invistam em contratações e vencimentos de jogadores mais do que arrecadam em dinheiro.

Quanto ao PSG, esse por ser administrado por empresários do Catar, conseguem gerar lucros de outras formas, o que lhe garante realizar transações ainda maiores.

Até o último sábado - (07/08), pequenos detalhes separavam Lionel Messi de um acerto com o Paris Saint-Germain, mas até o momento nenhuma nova informação quando a assinatura ou não de contrato foram reveladas.