A partir das 11h desta sexta-feira (13), o técnico da seleção brasileira masculina - Tite fará a primeira convocação após as disputas da Copa América e Olimpíadas para a rodada tripla das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022.

Nesta convocação que contará com pelo menos 23 atletas, podem pintar jogadores que se destacaram nos Jogos Olímpicos, com por exemplo, Daniel Alves e Matheus Cunha.

Na última convocação para essa disputa, Tite chamou para o gol, os goleiros Alisson, Ederson e Weverton, no entanto, Santos - goleiro do Athletico com boa atuação no Japão pode receber uma chance na seleção principal, e com isso pintar nesta lista.

Na zaga, a disputa como "surpresa" pode ficar entre Lucas Veríssimo, Felipe e Diego Carlos; um desses poderá se juntar a Marquinhos, Thiago Silva e Eder Militão - convocados pela última vez.

Pelos lados, nas laterais, aqui as surpresas podem ficar a cargo da volta de Daniel Alves a seleção principal e Emerson - recém contratado pelo Barcelona e que agradou em sua última chamada; sem esquecer Guilherme Arana, um dos jogadores mais regulares da seleção em Tóquio. Lembramos que os titulares de Tite são Alex Sandro e Danilo - ambos da Juventus e Renan Lodi.

Para o meio de campo, além de Casemiro, Fred e Lucas Paquetá - figuras carimbadas de Tite, Douglas Luiz, Fabinho e Everton Ribeiro também podem aparecer neste chamado para a rodada tripla pelas Eliminatórias. Se não bastassem esses, Gerson e Philippe Coutinho correm por fora.

No ataque, Tite da última vez chamou sete atacantes, donde Neymar e Gabriel Jesus são os titulares, porém, com a bela exibição nas Olimpíadas, Richarlison dificilmente será esquecido; com Firmino entrando nesta lista. Desta forma, as surpresas podem ficar por conta de Gabriel Barbosa, Everton (Cebolinha), Vinícius Jr., Matheus Cunha, Antony e Raphinha - dois desses poderão ser lembrados nesta sexta-feira.

Convocação da Seleção Brasileira

Tite apresentará a lista para os três próximos compromissos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, a partir das 11h (de Brasília), diretamente do Rio de Janeiro.