Thiago Silva fica balançado com momento de clube brasileiro

O bom momento vivido pelo Fluminense tem surpreendido quem criticava o trabalho de Fernando Diniz nos clubes que dirigiu, mas parece que maré de bons resultados chegou até o treinador, e “zica” acabou depois da conquista da Taça Guanabara de 2023.

Jogando os principais campeonatos do futebol, o Tricolor das Laranjeiras é o sexto colocado na tabela do Campeonato Brasileiro, conseguiu a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil e vem de uma goleada, de 5 x 1, em cima do River Plate, pela Copa Libertadores da América.

Esse bom momento, o bicampeonato estadual, e a vinda do Marcelo, depois de sair do Real Madrid, e fizeram os olhos do zagueiro brasileiro Thiago Silva brilhar, que já defendeu as cores do Fluminense em 2009, outro fator são os pedidos do presidente Mário Bittencourt e Fred, hoje diretor no clube.

Segundo Gilmar Ferreira, colunista do Jornal Extra, Thiago Silva estaria disposto a deixar o Chelsea antes da sua última temporada na Premier League, já que o zagueiro deseja encerrar a carreira no Brasil.

Apesar de ter jogado a última partida pela Premier League, de acordo com Gilmar, o zagueiro já decidiu que voltará a atuar no Brasil. O acordo com o Chelsea deve acontecer oficialmente somente no dia 28 de maio, depois da partida contra o Newcastle, pela 38ª rodada.

Além do Fluminense, Thiago Silva teve passagens pelo Dínamo de Moscou, Milan, Paris Saint-Germainn e agora o Chelsea. Pela Seleção Brasileira conquistou a Copa das Confederações de 2023, a Copa América de 2019, os Jogos Olímpicos de 2008 e 2012, e participou de quatro Copas do Mundo, 2010, 2014, 2018 e 2022.

O zagueiro conquistou mais de 30 títulos por onde passou, sete Campeonatos Franceses, cinco Supercopas da França, uma Liga dos Campeões, um Mundial de Clubes, uma Supercopa da Itália, e a Copa do Brasil de 2007 com o Fluminense.

Jade Gimenez Jade Gimenez

Jornalista, fascinada por esporte desde a infância, paixão que se tornou profissão. Além do futebol me mantenho por dentro de outras modalidades desde Fórmula 1 à NFL. Trabalhei como repórter em TV e rádio cobrindo partidas de futebol, futsal e basquete.