Opção é o que não falta! Técnico português assume vontade de comandar a seleção brasileira

Sem técnico desde o ano passado, a seleção brasileira ainda estuda um nome que assumirá a equipe canarinho. Analisando as opções tanto no Brasil quanto na Europa, surgiram diversos nomes para ser o novo técnico da seleção.

Apesar de negar diversas vezes em entrevistas, Carlo Ancelotti, é o nome mais forte dentro da CBF e pode ter sido um dos motivos que a Confederação tenha adiado o anúncio do substituto de Tite. O técnico italiano comanda o Real Madrid, da Espanha, onde tem contrato com o clube até 2024, mas o futuro do treinador pode mudar em junho, no final da temporada 2022/23.

Contudo, Ancelotti, não é a única opção de Ednaldo Rodrigues. Nomes como Abel Ferreira (Palmeiras), Fernando Diniz (Fluminense), Zinédine Zidane (sem clube) e José Mourinho (Roma) estão na mira da CBF. Ou seja, a entidade tem muito o que estudar até definir um nome certeiro para levar a seleção brasileira rumo ao hexa em 2026.

Técnico português assume vontade de comandar a seleção brasileira

Além dessas opções, tem um outro forte candidato para concorrer ao comando da seleção brasileira. Jorge Jesus, ex-Flamengo e atual treinador do Fenerbahçe, da Turquia, não descartou a chance de assumir a equipe canarinho. Nesta segunda-feira (27), o português deixou claro que seu contrato chega ao fim em maio e que a partir dali, estará aberto a uma negociação caso seja do interesse da CBF.

“Quem não gostaria? Há algum treinador no mundo que não gostaria de treinar o Brasil? Ninguém falou comigo. O meu contrato acaba em maio, depois vamos ver o que vai acontecer. Só tomo atitudes quando acabar a temporada, é assim que faço sempre, não tomo decisões já. Logo se vê se fico na Turquia ou não”, iniciou em entrevista à SportTV.

O ex-técnico Rubro Negro, ainda revelou que são poucas as seleções que ele assumiria o comando e que só não aceitaria o pedido para ser treinador do Brasil, caso estivesse em um time como Real Madrid e Barcelona.

Vale lembrar, que a seleção brasileira teve seu primeiro compromisso após a Copa do Mundo de 2022, neste último sábado (25), mas perdeu por 2 x 0 para Marrocos, quarta equipe do Mundial. O próximo duelo da seleção canarinho será apenas em junho e até lá, a CBF pretende já ter definido um nome para assumir o comando do Brasil.

Carolina Castro Carolina Castro

Tenho 25 anos e sou formada em jornalismo. Desde criança desenvolvi o gosto por esporte e por isso escolhi ser jornalista. Foi a profissão que me deixou mais próxima daquilo que mais amo: falar e escrever sobre esporte.