Para quem ainda não sabe ou sabia, Ole Gunnar Solskjaer não é mais técnico do Manchester United. O profissional em questão não resistiu a goleada sofrida diante do Watford por 4 a 1, pela Premier League e fora demitido do cargo logo após o apito final.

Em um comunicado oficial, os Reds Devils justificaram a demissão por conta dos resultados "desapontantes" das últimas semanas, mas reconheceu o trabalho do norueguês ao longo dos últimos três anos.

"Solskjaer sai como nossos sinceros agradecimentos por seus esforços incansáveis como técnico e nosso melhores votos para o futuro. O seu lugar na história do clube estará sempre garantido, não só pela sua história como jogador, mas como um grande homem e um treinador que nos proporcionou muitos grandes momentos. Ele será para sempre bem-vindo ao Old Trafford como parte da família do Manchester United", destacou o Reds Devils em um trecho da nota.

Solskjaer deixa o Manchester United na sétima colocação do Campeonato Inglês, com 17 pontos - 12 a menos que o líder Chelsea.

Treinador interino

Enquanto busca um substituo ao treinador demitido, Michael Carrick é quem ficará responsável por comandar o Manchester United nos próximos jogos.

Zidane o favorito, outros nomes na lista

Mesmo contendo alguns nomes em sua lista de treinadores, o grande favorito para comandar os diabos vermelhos é mesmo o técnico francês - Zinedine Zidane, porém, Erik ten Hag, do Ajax e Brendan Rodger, do Leicester também aparecem como possíveis candidatos.

Nome forte que corre por fora para comandar o United, é o de Luis Enrique, técnico da seleção espanhola; sendo indicado por Cristiano Ronaldo.