“Estão fora. Não jogam”, mais um clube da Série A decide afastar atletas

A investigação em cima da manipulação de resultados nas Séries A e B do Brasileirão, além de estaduais, segue firme e forte e muitos times já tiveram nomes atletas que estão no elenco e que foram citados como prováveis participantes deste esquema ilegal. Alguns, como os casos de Santos, Fluminense, Internacional e Athletico Paranaense decidiram que era melhor afastar os jogadores citados na investigação. Porém, o Grêmio decidiu por manter uma cautela em relação ao assunto e Nathan, um dos citados, foi relacionado e poderá entrar no duelo contra o Palmeiras.

Após uma nova lista ser divulgada, contendo mais atletas da Série A do Brasil, o Coritiba e Cruzeiro decidiram também afastar os jogadores envolvidos. Além deles, o América Mineiro, clube que conta com três jogadores entre os suspeitos, se reuniu com os atletas e decidiu que Nino Paraíba, titular da equipe, será preservado até a resolução do caso.

Neste momento o Coritiba entendeu que a melhor opção era afastar Alef Manga e Jesús Trindade para a próxima partida, mas após a partida pelo Brasileirão, a situação será reavaliada e os atletas podem ficar mais tempo fora até se entender se existe ou não a participação deles no esquema de manipulação de resultados.

Vale lembrar que ambos os atletas não foram denunciados ainda pela justiça, estão em análise das provas coletadas, para aí, sim, se houver comprovação de participação, chegarem a ser réus do processo. A defesa de Alef Manga inclusive negou participação no esquema. Outro ex-jogador do time paranaense também foi citado, Diego Porfirio jogou o estadual pela equipe, mas se transferiu para o Guarani, onde está atualmente. Ele está na mesma situação dos outros atletas, ou seja, ainda não foi denunciado, apenas está sendo investigado.

A maioria dos times da Série A tem jogadores citados

No início a divulgação dos nomes dos investigados tinham atingido apenas Cruzeiro, América Mineiro e Santos, mas foi ampliando e atingindo outros times do Brasileirão. Nesta quarta-feira, o Grêmio, Internacional, Athletico Paranaense, Bragantino, Coritiba e Fluminense também tiveram atletas citados no esquema. Existe uma especulação de que mais atletas estejam envolvidos, totalizando mais de 120, incluindo árbitros de futebol. O Botafogo também foi citado como provável envolvido no esquema, mas negou a informação de que seja uma das vítimas na Série A.

Otávio Silva Otávio Silva

Estudante de jornalismo com experiência em assessorias de imprensa e em portais de noticias. Apaixonado por escrever sobre esportes, mas com uma paixão ainda maior pelo futebol. Gaúcho de Porto Alegre e admirador do futebol raiz.