Sem perspectiva de aproveitamento no Grêmio, Phelipe Megiolaro segue com futuro indefinido

O futuro do goleiro Phelipe Megiolaro, do Grêmio, segue indefinido. Oriundo das categorias de base do clube, sem perspectica de aproveitamento no plantel profissional, o jogador vem treinando com o Grupo de Transição do Tricolor Gaúcho desde o início da atual temporada.

Tendo no currículo convocações para a seleção brasileira de base – em 2019, o atleta foi titular no Sul-Americano sub-20 e, em 2020, fez parte do grupo no Pré-Olímpico da Colômbia, Megiolaro esteve emprestado ao FC Dallas, dos Estados Unidos, desde a metade de 2020. Pelo clube da MLS, o goleiro de 23 anos disputou doze partidas.

Após o término das competições nos Estados Unidos, mesmo com o atleta tendo conseguido alcançar a titularidade da equipe ao longo do segundo semestre do ano passado, o FC Dallas decidiu, por conta do baixo orçamento, não exercer a opção de compra definitiva de Phelipe Megiolaro e priorizar outros setores do time.

Com boa avaliação do mercado em decorrência, principalmente, na seleção brasileira de base, Phelipe Megiolaro chegou a receber, em fevereiro, uma proposta oficial de um clube da Série B do Campeonato Brasileiro. Entretanto, na ocasião, por ainda nutrir esperança de minutagem no Grêmio, o goleiro acabou recusando a oferta.

No momento, sem perspectiva de aproveitamento no Grêmio, atleta tem participado dos trabalhos do Grupo de Transição. Não havendo preferência de negociação ao mercado externo ou interno, Megiolaro e o seu estafe esperam a abertura da janela de transferências para viabilizar a saída do atleta do clube gaúcho.

Natural de Campinas/SP, Phelipe Megiolaro possui contrato com o Grêmio até o final de 2022. 70% dos direitos econômicos do atleta estão ligados ao Tricolor Gaúcho, enquanto os 30% restantes estão atrelados ao estafe do goleiro de 23 anos.

Acadêmico de jornalismo na UniRitter, entusiasta por futebol e tudo que acontece nesse mundo esportivo