Com o Grêmio sendo rebaixado a segunda divisão do futebol nacional e consequentemente tendo um forte corte nos ganhos e com isso obrigando o mesmo a reduzir no pagamentos de salários de jogadores, Douglas Costa que fora contratado para ser o destaque do Tricolor em 2021, não deve permanecer na Arena no próximo ano.

Pelo menos é isso que praticamente afirmou o vice presidente de futebol gremista - Denis Abrahão em entrevista na tarde da última segunda-feira (13).

"É muito caro para o que o Grêmio irá disputar, que é a Série B do Brasileirão, Copa do Brasil e Gauchão. É difícil a manutenção no plantel por tudo que evidenciei", destacou o dirigente.

Isso sem falarmos que não deve ter clima entre o jogador e os torcedores do clube; muito disso após dois episódios recentes do atleta.

O primeiro quando esse pediu para ser liberado para seu casamento a dois dias do duelo contra o Atlético-MG; já o segundo é o "tchauzinho" após o gol marcado justamente contra o Galo.

Douglas Costa na mira de clubes brasileiros

Assim, tendo praticamente certa sua saída do Grêmio, outros clubes do futebol brasileiro estariam de olho no jogador, bem como o Corinthians, Flamengo, Palmeiras e o próprio Atlético-MG.

Além desses, o jogador teria uma proposta de um clube chinês, cuja sua identidade não fora revelada e também do futebol norte-americano. Lembrando que Douglas Costa tem contrato com o Grêmio até junho de 2022.

Douglas Costa no Atlético-MG

Recentemente o diretor de futebol do time mineiro - Rodrigo Caetano comentou se haveria algum interesse no jogador gremista, onde ele falou:

"Nós ainda não sentamos para conversar sobre reforços e até possíveis saídas. Temos um jogo a cada três dias e a decisão da Copa do Brasil pela frente", disse em entrevista ao "Bem Amigos", do Sportv, nesta segunda-feira (13).