Sem um acordo até o momento com Jorge Jesus - livre no mercado, o Atlético-MG que segue sua busca por um novo comandante técnico, já estuda um "Plano B", onde mira outro português para ocupar a vaga aberta após a saída de Cuca, nos últimos dias de 2021.

Estamos aqui nos referindo a Carlos Carvalhal, que atualmente dirige o Braga - time da primeira divisão portuguesa.

A informação que aqui trazemos fora dada pela Rádio Itatiaia e confirmada mais tarde pelo site "Lance", onde esse destacou que a direção do Galo Mineiro estaria em conversas com os dois treinadores, buscando assim um entendimento rápido, uma vez que os clubes já devem se reapresentar para a temporada 2022 na próxima semana.

Pendência por Carvalhal

Caso não acerte com Jorge Jesus e avance com as negociações com Carlos Carvalhal, o Galo terá um pequeno problema pela frente, uma vez que terá que desembolsar cerca de 2,5 milhões de euros ao Braga, como forma de pagamento da multa rescisória de seu comandante técnico.

Aos 55 anos e com a segunda passagem pelo Braga, Carvalhal iniciou a carreira de treinador em 1988, pelo Espinho, onde também atuou como jogador. Além desse, o profissional ainda conta como passagens pelo futebol inglês, turco e grego.

Na temporada 2007/2008, Carlos Carvalhal levou o Vitória Setúbal a conquista da Liga de Portugal.

O treinador português também está na mira de outras equipes, desta forma, a direção do clube mineiro terá que agilizar sua busca por um novo comandante técnico, caso não acerte com sua primeira opção.