Assim como o duelo entre Bahia x Ceará que fora adiado por conta da volta dos torcedores aos estádios de futebol na Série A (não liberação no estado da Bahia), o Santos segue a mesma linha e acata a sugestão da CBF, adiando seu confronto contra o Fluminense, que estava marcado para o próximo domingo, em partida válida pela 23ª rodada do Brasileirão.

Os jogos aqui destacados foram adiados por conta de decisões políticas, onde tanto na Bahia, como em São Paulo, seus governadores não autorizaram o retorno dos torcedores aos estádios de futebol neste final de semana, com isso, os dois jogos pela 23ª rodada da Série A deverão ocorrer entre os dias 20 e 27 de outubro.

Liberação da volta dos torcedores aos estádios

A volta dos torcedores as arquibancadas dos estádios de futebol fora liberada na Série A após encontro entre o Conselho Técnico dos Clubes e a CBF, nesta última terça-feira (28), porém, Bahia e Santos que não possuem permissão para mandar seus jogos com público, tiveram seus confrontos adiados como já descrito acima.

Dentre os 20 clubes que disputam a elite do futebol nacional em 2021, o Flamengo foi o único a não se fazer presente neste encontro, uma vez que o clube já contava com uma liminar a seu favor que liberava a presença de torcedores em jogos como mandante.

O Athletico, presente na reunião, foi o único clube que votou contra a retomada dos torcedores aos estádios, onde esse manteve sua decisão de não contar com a presença do público em geral na temporada 2021.

Vale aqui salientar que diferentemente da Bahia, que teve novo decreto apresentado por seu governando na última segunda-feira, onde esse não liberou a presença de público nos eventos esportivos, em São Paulo tudo leva a crer que seu governado deve liberar a volta dos torcedores aos estádios a partir da próxima segunda-feira (04).

Diferentemente do Santos que acatou o conselho da CBF, Palmeiras e Red Bull Bragantino que também tem seus jogos pela 23ª rodada no estado de São Paulo, por temerem com déficit, toparam jogar com portões fechados as partidas contra Juventude e Corinthians, respectivamente.