Clima tenso nas Laranjeiras! Com três derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro e com visível queda no rendimento do time, o técnico Roger Machado enfrenta sua primeira turbulência em pouco mais de cinco meses a frente do comando técnico do Fluminense.

Mesmo não sendo unanimidade nos bastidores, Roger Machado segue sendo respaldado pela direção, no entanto, neste momento é cobrado por resultados positivos e melhoras no rendimento do time dentro das competições. Lembrando que o Fluminense segue vivo na Libertadores e Copa do Brasil; além claro no Campeonato Brasileiro.

Nesta última segunda-feira, após mais uma derrota pelo Brasileirão - diante do América-MG, o clima foi de cobrança em uma semana onde o clube iniciará a decisão por uma vaga as semifinais da Libertadores.

Desta forma, pelo menos até essa quinta-feira, quando o Tricolor encara o Barcelona de Guayaquil, as 21h30 no Maracanã, o técnico Roger Machado seguirá blindado e no comando do time.

Porém, qualquer tropeço neste jogo válido pela Libertadores poderá mudar o panorama do técnico, que até aqui conta com apenas 57,2% de aproveitamento a frente da equipe, em 39 jogos - com 19 vitórias, 10 empates e 10 derrotas.

Fluminense na Libertadores

Sem nenhum novo reforço para essa fase da competição sul-americana, o técnico em questão contará com o retorno de Nino, que volta ao time após participação nas Olimpíadas de Tóquio, onde ajudou a Seleção Brasileira a conquistar o ouro olímpico.

O jogo da volta diante do Barcelona será no dia 19 deste mês, no Monumental de Barcelona - em Guayaquil, no Equador. Lembramos que na Libertadores o gol marcado fora de casa vale como critério de desempate.