“Os números não mentem”, Renato Gaúcho polemiza ao falar sobre período no Flamengo; confira

Um dos treinadores em destaque no futebol brasileiro em 2023 é o comandante do Grêmio, Renato Gaúcho, o saudoso Renato Portaluppi. Em entrevista, o treinador relembrou sua passagem no Flamengo, e falou sobre ter tido 200 milhões de reais ao seu favor após ter polemizado sobre o assunto quando o Rubro-Negro era treinado pelo português Jorge Jesus.

Renato Gaúcho falou sobre sua passagem no comando do Flamengo

Em entrevista ao canal Duda Garbi, Renato foi enfático ao comentar seu período no comando técnico do Flamengo. Com a “marra” e irreverência de sempre, Portaluppi avaliou como positivo sua passagem no Mengão. Assim, ele a comparou com a do Mister Jorge Jesus, além de ter culpado as contusões em diversos jogadores na reta final da temporada em 2021, fator decisivo para as perdas do Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Copa Libertadore na época.

Foi por uma bola (a Libertadores). O 2º treinador com melhor aproveitamento no Flamengo fui eu, só que o Jorge Jesus disputou só Brasileirão e Libertadores. Eu disputei Libertadores, Copa do Brasil e Brasileirão, com 7 ou 8 jogadores no departamento médico. Então, os números não mentem“, disse Renato Gaúcho.

Entrevista polêmica que viraliza até hoje

Renato Gaúcho é assombrado por uma frase dita há dois anos, no dia 2 de novembro de 2020. Também técnico do Grêmio, ele foi questionado sobre o desempenho ruim da sua equipe na vitória por 2 a 1 sobre o Red Bull Bragantino e se defendeu. Disse que seu time era “barato” e que só o Flamengo e o Atlético-MG poderiam ser cobrados por futebol bonito no Brasil.

Futebol bonito vocês têm que cobrar do Atlético-MG e do Flamengo. Essas suas as duas equipes que têm a obrigação de apresentar futebol bonito, pelo que gastaram. Se um dia a diretoria do Grêmio, o presidente do Grêmio falarem assim: ‘Olha, Renato, você tem R$ 200 milhões para contratar'. Aí pode me cobrar futebol bonito. Enquanto isso não acontecer, vai ter partidas com altos e baixos”, disse.

O mais importante hoje foi o resultado. Sempre quero que minha equipe jogue bem, mas não é sempre possível. No momento em que um clube se dispõe a gastar R$ 200 milhões, aí tem que cobrar títulos e futebol bonito deles. O Grêmio não gastou R$ 200 milhões. Se você fizer as contas, o Grêmio gastou 1, 2 milhões de euros. Então fica o meu recado: querem cobrar futebol bonito, cobrem Flamengo e Atlético-MG. Quando cobrarem do Grêmio, (coloquem) R$ 200 milhões na conta e podem cobrar futebol bonito”, finalizou Renato.

Raphael Almeida Raphael Almeida

Jornalista 33 anos. Atualmente sou repórter e comentarista na Web Rádio Bate Fundo Esportivo. Redator no portal Minha Torcida com passagens por Premier League Brasil e Futebol na Veia.