O técnico Roger Machado ganhará mais uma opção para os próximos jogos do Grêmio. Recuperado plenamente de uma crise de apendicite que necessitou, inclusive, de processo cirúrgico, o volante Gazão participou da sessão de treinamento da última quarta-feira (11) e voltará a ficar à disposição da comissão técnica para os próximos compromissos da equipe.

No dia 18 de abril, após relatar dores abdominais ao departamento médico do clube, Gazão teve diagnosticado uma crise de apendicite, fazendo com que o atleta de 20 anos tivesse que ser operado às pressas.

Natural de Apucarana/PR, Gabriel Henrique Lima Santos, mais conhecido simplesmente como Gazão, foi promovido pelo técnico Roger Machado, no início da atual temporada, para o plantel profissional.

Mesmo sendo muito bem avaliado pelos integrantes da base gremista desde sua chegada ao clube, Gazão ganhou visibilidade e notoriedade na disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2020, quando, juntamente com Diego Rosa, Pedro Lucas e Elias, foi um dos destaques da campanha gremista que culminou com o vice-campeonato do maior torneio de base do Brasil.

Gazão possui contrato com o Grêmio válido até o final de 2023. A multa rescisória do jogador para o mercado interno está fixada em R$ 16.250.000,00 milhões, enquanto para o mercado do exterior equivale a 40 milhões de euros.