Garantido nas oitavas de final da Copa Sul-Americana e na Copa do Brasil, alguns temas fora das competições viram assunto prioritário no Grêmio, bem como a permanência de alguns atletas em 2022.

Com contratos válidos até dezembro de 2021, jogadores com: Rafinha, Maicon, Diego Souza e outros cinco atletas do atual elenco gremista podem deixar o clube ao final deste ano.

Mesmo mantendo cautela quanto a possíveis renovações, a direção gremista se prepara para uma debandada em massa de alguns jogadores, entre eles os já aqui citados acima.

Maicon, por exemplo, ainda é visto como peça importante no elenco, no entanto, com uma condição física preocupante, a permanência do volante ainda é uma incógnita, tanto que sua possível renovação de contrato ainda não fora discutida.

Outro que não tem seu futuro garantido é o atacante Diego Souza, que recentemente cogitou encerrar sua carreira ao final desta temporada, porém, baseia essa decisão em cima de seu rendimento ao longo de 2021.

Além desses, não podemos esquecer de outros jogadores que não sabem se permanecerão na próxima temporada, como é o caso do recém chegado Rafinha, que pode sim estar de saída em dezembro de 2021, pouco mais de oito meses após a sua chegada a Arena.

Com ele também tem as situações de Cortez, Victor Ferraz, Luiz Fernando e Leonardo Gomes, que ainda depende de algumas variáveis para saber se permanecerão ou não no clube. Desses, Luiz Fernando e Ferraz não devem permanecer no Grêmio após o término de seus vínculos.

Grêmio em campo

Fora as discussões de quem fica ou de quem sai ao final da temporada, nesta quinta-feira (24) o Grêmio volta a campo para encarar um novo desafio pelo Brasileirão 2021, onde recebe na Arena a equipe do Santos, a partir das 21h30 (horário de Brasília), em partida válida pela sexta rodada da competição nacional.

O Grêmio é o lanterna do Campeonato Brasileiro, com nenhum ponto até aqui conquistado - porém, vale salientar que o Tricolor tem dois jogos a menos que muita das equipes que disputam a Série A em 2021; jogos adiados contra o Flamengo e contra o Cuiabá.