Promessa da Chapecoense e reforço para o sub-15 do Grêmio, Bernardo Zortéa comenta sobre adaptação ao clube: “Muito boa”

Oriundo das categorias de base da Chapecoense e recém-chegado ao Grêmio, o volante Bernanrdo Zortéa, de apenas 15 anos de idade, já vem chamando a atenção dos integrantes da base do Tricolor Gáucho.

Mesmo estando no clube há apenas um mês – apresentou-se no dia 8 de março – o jovem volante, que atualmente integra o plantel sub-15, já vem obtendo destaque na categoria. Em jogo-treino realizado nesta terça-feira (12), Bernardo foi autor de um golaço na goleada de 5×1 do Grêmio contra a equipe do Avenida.

Observado pelos dirigentes gremistas na Copa Umbro de 2021, quando, na ocasião, a Chapecoense enfrentou o Grêmio e Bernardo foi o grande destaque da equipe catarinense, o Tricolor Gaúcho teve que superar forte concorrência para conseguir fechar a contratação do jovem volante.

Conforme apurado, Fluminense, Flamengo, Palmeiras, São Paulo, Athletico-PR e Internacional chegaram a demonstrar interesse no atleta. Ambos os clubes cariocas oficializaram oferta ao jogador, enquanto as outras equipes apenas realizaram consultas por Bernardo.

A preferência pelo Tricolor Gaúcho se deu pela estrutura do clube e proximidade com sua casa – o atleta é natural de Pinhalzinho-SC – além do fato de Bernardo e toda a sua família serem gremistas.

Na negociação que viabilizou a vinda de Bernardo Zortea ao Grêmio, a direção gremista acordou com a Chapecoense opção de compra de 60% dos direitos econômicos do jogador por 2 milhões de reais. O valor poderia sofrer diminuição à medida que o clube gaúcho disponibilizasse atletas à Chape, pagando a integralidade do salário do atleta selecionado. Um exemplo que inclui-se no molde acordado entre as partes foi a ida do lateral esquerdo Guilherme Guedes para o time catarinense.

Tendo contrato com o Grêmio até o final de 2024, em contato com a reportagem, Zortéa falou ao processo de adaptação ao clube gaúcho.

– A minha adaptação ao Grêmio está sendo muito boa. A cada dia que passa aqui dentro do clube, vou me adaptando cada vez mais. Minha vivência também está sendo muito boa, pois temos excelentes profissionais que me ajudam tanto dentro, quanto fora de campo. Espero corresponder às expectativas – disse o jovem volante à reportagem.

Gremista desde pequeno, o atleta também comentou como é chegar e defender o clube de coração.

– Pra mim, é um sonho realizado Torço para o Grêmio desde quando eu era bem pequeno, e fico muito feliz de fazer parte deste grande clube. Todos podem ter certeza que raça e dedicação nunca faltarão quando eu entrar em campo. Só tenho que agradecer a todos aqueles que confiaram no meu trabalho e tenho certeza que o Grêmio será uma grande vivência na minha vida – afirmou o jogador.

Acadêmico de jornalismo na UniRitter, entusiasta por futebol e tudo que acontece nesse mundo esportivo