Depois de negar algumas proposta por Marinho, o presidente do Santos - Andres Rueda voltou a falar sobre a situação do camisa 11.

Para o mandatário santista, não existe dentro do elenco do Peixe jogadores invendáveis, ou seja, que não possam ser negociados.

"O Santos não tem jogador inegociável, mas depende. Precisa ser bom para o clube e bom para o jogador. Quanto às saídas, o que aconteceu, final de ano você recebe uma série de jogadores emprestados. Nosso elenco profissional está muito inchado. Junto com a comissão técnica decidimos, que os que sobrarem, emprestaremos ou venderemos... uma para diminuir custos, outra para dar minutagem", destacou o dirigentes que completou falando sobre o camisa 11:

"Eu tenho uma relação excelente com o Marinho. Temos conversas ótimas, Marinho é Marinho, é estrela, e estrela é estrela. Temos que dar um desconto. Ele foi claro comigo, ciente que ele quer fazer o pé de meia, sonha em jogar nos Emirados Árabes. Ele tem na cabeça quanto ele quer ganhar. Se aparecer uma proposta boa, não vai ser o Rueda que irá atrapalhar a sua carreira. Vamos aguardar porque a janela nem se abriu ainda".

Atualmente Marinho passa férias em Dubai, onde gostaria de poder jogar em breve, muito pelo que disse o presidente santista, para aproveitar e fazer um pé de meia, uma vez que já não é mais garoto e se encaminha para a reta final de sua carreira.

Marinho no Internacional

Lembramos que Marinho recentemente teve seu nome envolvido numa possível troca com Patrick, do Internacional, mas a negociação não passou de meros boatos.