Presidente do Lille garante saída de Renato Sanches neste verão Europeu

O presidente do Lille, Olivier Letang, confirmou nesta quarta-feira (20), que Renato Sanches vai deixar o clube neste verão europeu. A informação é do jornalista Fabrizio Romano, especialista em mercado de transferência europeia. O meio-campista lusitano, de 24 anos, é cotado por dois grandes clubes do continente.

Palavras de Letang

“O Renato tem duas possibilidades muito boas, dois clubes grandes. Se ainda está conosco é porque ainda não chegámos a um acordo com um dos clubes em questão. O Renato vai sair, não sei para qual clube. Manterei a natureza dessas negociações em segredo. Será Paris ou Milan”

A saber, depois de ter deixado o SL Benfica, Renato Sanches passou por FC Bayern, Swansea City e, mais recentemente, Lille OSC, onde realizou 91 jogos oficias.. Em suma, a  equipe parisiense já havia apresentado uma oferta pelo jogador há semanas atrás. Porém, a rádio francesa RMC Sport disse que não é bem assim. O PSG teria oferecido 12 milhões de euros, cerca de R$ 65 milhões pelo cotação atual.

“A posição do clube mantém-se inalterada. O jogador não vai sair por 12 milhões de euros”, disse uma fonte do Lille, à RMC Sport.

Foi em maio de 2016, que Renato Sanches assinou contrato de cinco anos com o Bayern de Munique, da Alemanha. Desse modo, o clube bávaro pagou ao Benfica um valor de 35 milhões de euros, podendo receber um bónus de 45 milhões de euros dependendo das atuações do jogador. A transferência foi a mais cara de um português para o futebol estrangeiro, superando Fábio Coentrão e Ricardo Carvalho.

Por fim, foi por empréstimo para o Swansea City, em 2017. Entretanto, ficou apenas uma temporada e arrumou suas malas para o LOSC, onde está hoje. Em suma, também possui uma trajetória na seleção de Portugal. Pelo seu país, atua desde a base até o profissional, em 2016. Por sinal, nesse mesmo ano foi campeão da Eurocopa.

Foto Destaque: AFP

 

Sou Caio, tenho 23 anos, faço jornalismo. Procuro me especializar em Jornalismo Esportivo e meu maior sonho é comentar uma Copa do Mundo