Presidente da FIFA recebe críticas após tirar fotos junto do corpo de Pelé

O mundo do futebol ainda está de luto, a morte de Pelé fez com que todos os amantes do esporte se despedissem do maior Rei de todos os tempos. Edson Arantes do Nascimento, faleceu aos 82 anos, na última quinta-feira (29), depois de um mês internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

Durante o velório, que aconteceu no estádio Vila Belmiro, em Santos, diversos nomes importantes do futebol estiveram presentes para homenagear o Rei Pelé.

Nesta segunda-feira (2), quem esteve no local, foi o presidente da FIFA, Gianni Infantino, que recebeu diversas críticas após tirar algumas selfies ao lado do corpo de Pelé, que estava estendido no centro do estádio, em um caixão aberto. 

Presidente da FIFA durante o velório de Pelé (Foto: Reprodução/Instagram)
Presidente da FIFA durante o velório de Pelé (Foto: Reprodução/Instagram)
Presidente da FIFA se pronunciou sobre as críticas

Após a repercussão negativa, Infantino disse que ficou consternado com a informação sobre as críticas.

“Acabo de chegar de viagem do Brasil onde tive o privilégio de participar da linda homenagem a Pelé que aconteceu na Vila Belmiro, em Santos. Estou consternado depois de ter sido informado de que aparentemente estou sendo criticado por algumas pessoas por ter tirado uma selfie e fotos na cerimônia ontem. 

O presidente da FIFA também explicou sobre o acontecimento e porque tirou fotos naquele momento ao lado do caixão do Rei.

“Gostaria de esclarecer que fiquei honrado que companheiros de equipe e familiares do grande Pelé me ​​perguntaram se eu poderia tirar algumas fotos com eles. E obviamente eu concordei imediatamente. No caso da selfie, os companheiros de Pelé pediram para fazer uma selfie de todos nós juntos, mas não sabiam como fazer. Então, para ajudar, peguei o telefone de um deles e tirei a foto de todos nós”, comentou Infantino.

Além disso, Infantino pediu retratação das pessoas que publicaram as críticas sobre as selfies:

“Espero que aqueles que publicaram ou disseram coisas sem saber e sem buscar informações tenham a decência e a coragem de admitir que erraram e corrigir o que disseram”, concluiu.

 

Giovanna Giaretta Giovanna Giaretta

Jornalista formada pela UFOP, Giovanna Giaretta é apaixonada por esportes e entrou na universidade com o objetivo de se tornar Jornalista Esportiva. Cruzeirense fanática, ela não perde um jogo do time mineiro.