Depois da Conmebol anunciar a liberação dos torcedores nos estádios em seus torneios, alguns clubes brasileiros já iniciaram movimentações para que isso passasse a valer no Brasil, e assim, a dupla GreNal de olho nesta possibilidade, monitora de perto a situação junto aos governos municipal e estadual.

De acordo com as últimas informações vindas de Porto Alegre - capital do Rio Grande do Sul, a prefeitura da cidade divulgou nesta última quarta-feira (14) um plano de liberação gradativa de público em grandes eventos na região, incluindo a presença de torcedores em estádios de futebol a partir da próxima segunda-feira - 19 de julho. No entanto, a medida ainda necessita da aprovação do governo estadual.

No documento da Prefeitura de Porto Alegre apresentado ao governo do Rio Grande do Sul, a prefeitura destaca as quedas nos principais indicadores da pandemia do coronavírus no estado, bem como o número de pessoas já vacinadas.

A ideia do governo municipal de Porto Alegre é de liberar a presença dos torcedores aos estádios de forma gradual, até sua liberação total a partir do dia 27 de setembro; claro, desde que os clubes sigam com os protocolos obrigatórios, como testagem de todos os presentes ou a exigência de esquema vacinal completo em um segundo instante.

Nesta primeira semana, estariam liberados os estádio a receberem até mil pessoas; após a terceira semana, no dia 02 de agosto em diante, o limite passaria para 5 mil e a partir do dia 30 do mesmo mês, o limite seria de 20 mil pessoas, até a etapa final, em setembro, onde se permitiria a liberação total.

Dupla Grenal estuda a retomada dos torcedores aos estádios

Como já declaramos acima, Inter e Grêmio já estão analisando a possibilidade de receberem seus torcedores de volta em seus respectivos estádios de futebol, no entanto, não se manifestaram a respeito da proposta da prefeitura de Porto Alegre.

Existe um acordo entre os clubes da Série A para que essa volta seja feita de forma uniforme, ou seja, quando todos tiverem autorização do poder público.

Veja abaixo o que disse o prefeito de Porto Alegre sobre o tema:

"A volta gradativa dos eventos é um pedido da região, com muita responsabilidade. Nossa expectativa, em Porto Alegre, é no final de agosto termos 100% da população vacinável já imunizada com a primeira dose e bem avançada na segunda. Com o progresso da vacinação, podemos ter uma vida mais normal da cidade", declarou ele em nota.