Por conta do crescimento de novos casos de Covid-19 no Brasil, onde esses s√£o da variante √Ēmicron, o futebol brasileiro deve contar com novas altera√ß√Ķes em seu protocolo sanit√°rio, segundo informa√ß√Ķes do Coordenador M√©dico da CBF - Jorge Pagura.

As regras para os jogos dentro do território nacional devem voltar a serem mais rigorosos a partir de fevereiro, onde a entidade máxima do futebol irá solicitar comprovante de vacinação dos 20 clubes que disputam as Séries A e B do Campeonato Brasileiro.

J√° sobre os estaduais, Pagura afirmou que as defini√ß√Ķes ser√£o pautadas pelas medidas sanit√°rias locais.

Vale lembrar que no final de 2021, a Confedera√ß√£o Brasileira de Futebol atualizou o protocolo de recomenda√ß√Ķes para o retorno de p√ļblico nos est√°dios, onde a principal novidade foi √† presen√ßa de visitantes em est√°dios que j√° recebiam seus torcedores.

Neste documento divulgado ainda em novembro, a CBF exigia que os torcedores visitantes seguissem o mesmo protocolo da torcida local, com a comprovação da vacinação completa para a Covid-19 e a realização de testes antígeno não reagente.

Entrevista de Jorge Pagura ao Globo

Em entrevista recente, Jorge Pagura comentou sobre a postura da CBF neste momento, onde esse destacou:

"Estamos analisando os campeonatos europeus e eventos nos EUA, al√©m de dados dos principais pa√≠ses. Essa nova variante vai exigir adapta√ß√Ķes em rela√ß√£o √† temporada passada. Nossas exig√™ncias devem estar compat√≠veis com a defini√ß√£o das autoridades sanit√°rias locais. Estamos tamb√©m √† espera de dados oficiais no Brasil e tamb√©m a aplicabilidade do novo per√≠odo de isolamento com rela√ß√£o √† √Ēmicron".