Aimoré e Grêmio se enfrentarão na noite desta quinta-feira, às 20h30, no estádio Cristo Rei, em São Leopoldo, pela 5ª rodada do Campeonato Gaúcho, e o Índio Capilé terá um desfalque de peso no sistema defensivo da equipe.

Trata-se do zagueiro Natã Felipe, mais conhecido simplesmente como Natã, que pertence ao Grêmio e, por força de contrato firmado entre os clubes, não ficará à disposição da comissão técnica do Aimoré. No Índio Capilé desde o início do segundo semestre do ano passado, o jovem defensor de 20 anos está emprestado ao time de São Leopoldo até o término da atual edição do Gauchão.

No último domingo, após a vitória do Aimoré por 2x0 contra o São José, quando, inclusive, Natã foi o capitão da equipe, em sua entrevista coletiva pós-jogo, o técnico Rafael Lacerda projetou o duelo contra o Grêmio e lamentou a ausência do zagueiro.

- É uma pena que o Natã não poderá jogar contra o Grêmio, pois não temos poder para pagar a multa. Seria uma boa, porque ele está fazendo um grande campeonato. Tenho certeza que depois do Gauchão vai vir coisa boa para esse cara - disse o técnico Lacerda após o triunfo contra o Zequinha.

Destaque do Aimoré desde a temporada passada, Natã possui contrato com o Grêmio apenas até o final de setembro de 2022. Mesmo que o Tricolor Gaúcho monitore o desempenho do jovem jogador no índio Capilé e projete aproveitamento do atleta, à princípio, no Grupo de Transição após Natã retornar ao clube, conforme apurado, ainda não foi iniciado movimento por parte do Grêmio para a ampliação contratual com o defensor de 20 anos.

Dentre as principais virtudes de Natã, destacam-se o jogo aéreo, boa leitura de jogo e senso de colocação em campo, firmeza na marcação e saída de bola qualificada. Em 2021, contabilizando partidas válidas pela Copa FGF e pela Série D do Campeonato Brasileiro, Natã disputou 22 jogos pelo Aimoré.