O clima esquentou pelos lados do CT do Grêmio. Não, não estou falando da previsão do tempo, mas sim da tensão vivida pelos jogadores e dirigentes neste início de tarde no Centro de Treinamentos Luiz Carvalho, onde torcedores os esperavam com pedras e rojões.

Cerca de 150 torcedores do clube esperavam o elenco e a comissão técnica em frente do portão do CT do clube, no início desta tarde de quarta-feira, onde pedras e rojões foram arremessados contra o ônibus do clube; houve tentativa de invasão no local, que por sorte contou com o apoio da Brigada Militar.

Segundo fontes vindas do local, quatro torcidas organizadas do Grêmio estiveram presentes no local com faixas contra membros da direção e alguns jogadores. No momento da chegada do ônibus no CT houve confusão entre torcedores e Brigada Militar, que tiveram que entrar em ação para contê-los.

A Brigada Militar para conter o avanço desses torcedores contra o ônibus do clube teve que lançar bombas de gás lacrimogêneo, fazendo logo em seguida um cordão de isolamento para que o veículo acessasse o portão do CT.

Assim que esse entrou no local, a Brigada avançou contra os torcedores para dispersar os mesmos. Nesse avanço é que os torcedores entraram em conflito com os policiais. Alguns torcedores arrombaram um dos portões secundários do CT, mas foram logos contidos, uma vez que a polícia já tinha uma guarnição à espera.

Gritos de "vergonha time sem vergonha" e "queremos raça"

Os gritos que eram mais ouvidos diziam: "vergonha, vergonha time sem vergonha". Além desse, os 150 torcedores presentes no local ainda pediam raça aos atletas. Já as faixas acima citadas eram direcionadas ao presidente Romildo Bolzan, ao vice de futebol Marcos Hermann e aos jogadores Diogo Barbosa, Cortez, Everton, Paulo Miranda, Luiz Fernando, Ferreirinha e Victor Ferraz.

Grêmio em campo

O elenco gremista voltou a se reunir nesta quarta-feira após três dias de folga. O Tricolor Gaúcho iniciou nesta quarta-feira sua preparação para o duelo diante do Ceará, no dia 12 de setembro, em partida válida pela 20ª rodada da Série A 2021.