Com duas derrotas em sequência - uma pela Copa do Brasil de goleada diante do Flamengo, e outra neste final de semana para o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro, fazem com que Felipão balance no cargo de treinador do Grêmio.

Lutando para deixar a zona de rebaixamento da Série A, após três vitórias em cinco jogos, o Tricolor Gaúcho voltou a perder no campeonato nacional neste último sábado; o confronto foi diante do Corinthians, que venceu o jogo por 1 a 0, deixando os torcedores gremistas ainda mais raivosos com a situação atual da equipe e muitos desses pedindo a saída de Felipão.

Sem contar com unanimidade entre a direção do clube, Felipão vive a sombra de um velho conhecido dos torcedores e dirigentes da atual gestão gremista, que mesmo negando qualquer possibilidade de saída de seu treinador, tem esse nome em sua mira, ainda mais que ele está livre no mercado; aqui não falamos de Renato Portaluppi, que está empregado, mas sim de Róger Machado, que está desempregado desde que fora demitido do Bahia, no dia 21 de agosto último.

Felipão por Róger Machado

Lembramos que Romildo Bolzan Júnior no início de sua gestão em 2015 usou o mesmo caminho que se desenha atualmente, onde esse trocou o comando técnico do Grêmio, demitindo Felipão e chamando Róger Machado, que ficou a frente da equipe até a chegada de Renato Portaluppi.

As informações aqui trazidas por nós foram primeiramente dadas pelo jornalista Vagner Martins, em seu canal no YouTube.

Próximo compromisso do Grêmio em campo

Depois de nova derrota no Brasileirão 2021, diante do Corinthians, o Grêmio agora só volta a campo no dia 12 de setembro, onde encara o Ceará, em Porto Alegre, em partida válida pela 19ª rodada da competição - a última do primeiro turno.