Monor Solomon é anunciado no Fulham

O israelense Monor Solomon, de 23 anos, foi anunciado como novo atacante do Fulham. A saber, os Cottagers já haviam perseguido o jogador há algum tempo. Logo, conseguiram o contratar por empréstimo de uma temporada. A saber, pertence ao Shakhtar Donetski, da Ucrânia. O contrato com os ingleses termina em junho de 2023.

Apresentação de Monor Solomon no Fulham

Em sua apresentação, disse:

“Estou muito feliz e encantado por estar aqui em Fulham e mal posso esperar para sentir a atmosfera especial em Craven Cottage. Há grandes jogadores aqui e estou determinado a ajudar Fulham a alcançar seus objetivos para o ano. Também quero mandar um grande abraço aos meus amigos e apoiadores na Ucrânia. Vocês estão em meus pensamentos.” Monor Solomon, em sua apresntação.

Monor Solomon regularizado próxima segunda

Devido a guerra com a Rússia, não somente o futebol ucraniano bem como o russo estão suspensos. Nesse sentido, Solomon viu o clube londrino como uma oportunidade de voltar a atuar. Ainda assim, o atacante de não pode ser registrado até próxima segunda-feira (1). Devido a uma recente alteração em uma decisão da FIFA. Ainda assim, que o The Athletic revelou no último sábado (9).

Porém, ele ainda pôde treinar com seus novos companheiros de Fulham na semana passada,. Desse modo, o mesmo já viajou com a equipe em turnê para Portugal, tendo completado exame seu médico no início deste mês. Monor Solomon também atua pela seleção. Portanto, veja os números.

Seleção de Israel e temporada passada

Assim sendo, jogou 30 vezes por Israel. Em resumo, arcou seis gols. Além disso, também já atuou na Liga dos Campeões no Shakhtar. Antes da temporada ser interrompida, tinha feito 16 partidas e marado quatro tentos. É a terceira contratação do time. Além disso, João Palinha, do Sporting CP e Andreas Pereira, do Manchester United, foram os outros reforços.

Foto Destaque: Fulham

Sou Caio, tenho 23 anos, faço jornalismo. Procuro me especializar em Jornalismo Esportivo e meu maior sonho é comentar uma Copa do Mundo