Veja quem são os 5 maiores goleiros da história do Fortaleza

Com mais de 100 anos de história, o Leão do Pici é um dos maiores clubes do Nordeste. Campeão de importantes títulos regionais de estaduais, também ficou a taça do Brasileirão Série B em 2018.

Em sua grande história, vários são os arqueiros que se destacam e marcaram época. Confira abaixo a nossa lista com os cinco maiores goleiros da história do Fortaleza.

Os maiores goleiros da história do Fortaleza

5 – Marcelo Boeck

O goleiro mais recente desta lista se aposentou apenas ano passado, em 2022. Foram seis temporadas defendendo o Fortaleza, completando 159 partidas pelo time. Com isso, acabou sendo um dos pilares dessa nova fase do Tricolor, que trouxe a equipe de volta à elite do futebol brasileiro. Com a aposentadoria, Marcelo continua ligado ao Leão, sendo Assessor Executivo de Futebol.

Marcelo Boeck conquistou quatro taças com o Fortaleza. A primeira veio em 2017, na Copa dos Campeões Cearense. Em seguida, além do acesso para o Brasileirão Série A, foi uma das principais peças para o título na Segundona. Em 2019, veio dois títulos, Campeonato Cearense e Copa do Nordeste, que venceria mais uma vez em 2022. Terminou sendo tricampeão cearense, em 2020, 2021 e 2022.

4 – Maizena

Foram três passagens pelo Fortaleza, onde foi bicampeão cearense, em 2000 e 2001. Revelado pelo Cascavel, Maizena passou por diversos times. São Paulo, Internacional, Cruzeiro e Sport foi algum deles.

O goleiro se aposentou em 2007, jogando no CRB. Mas fez parte da “jangada atômica”, apelido dado ao histórico time do Tricolor no início dos anos 2000. Na época, o Leão vivia grande fase e os jogadores são lembrados até hoje pelos torcedores. Após esse período, Maizena ainda retornou ao Fortaleza, em 2006.

3 – Pedrinho Simões

O arqueiro mais antigo da nossa lista atuou no Fortaleza nos anos 60. Começou a carreira em outro time do Ceará, o Gentilândia, onde foi eleito o “Craque Perfeito do Futebol Cearense”. Ficou na equipe até 1959 e, em 1960, já era jogador do Leão.

Foi vice-campeão brasileiro em 1960, quando o Fortaleza perdeu a final para o Palmeiras. Naquele mesmo ano, conquistou a taça do Torneio Norte-Nordeste e do Campeonato Cearense. Se destacando na posição, Pedrinho Simões ainda foi eleito como o Atleta do Ano No Ceará.

2 – Bosco

Ótimo goleiro, Bosco acabou sendo ídolo no Fortaleza, São Paulo e Sport. Em 2004 chegou ao Tricolor e logo se destacou. O jogador foi fundamental para a campanha de acesso para o Brasileirão Série A de 2005.

Em 2005, foi campeão cearense, assim como ajudou a manter o Leão na 1ª divisão, alcançando a 11ª posição. Se identificando com o clube, retornou anos mais tarde como preparador de goleiros. Com isso, fez parte de mais um acesso do Fortaleza, dessa vez para o Brasileirão Série B.

1 – Salvino

Um dos grandes ídolos da torcida tricolor, Salvino passou por vários clubes. Atuou pelo Botafogo e Sport, onde ganhou título em ambos. Mas marcou história no Fortaleza. Em 1982, 1983 e 1985, foi campeão cearense com o Leão.

Retornou ao time em 1990 e 1991, mas se aposentou no ano seguinte. Depois de aposentado, voltou ao clube cearense como preparador de goleiros. Dessa vez, ficou no Fortaleza por mais de uma década, até a sua morte, em 2018.

Raphael Almeida Raphael Almeida

Jornalista 33 anos. Atualmente sou repórter e comentarista na Web Rádio Bate Fundo Esportivo. Redator no portal Minha Torcida com passagens por Premier League Brasil e Futebol na Veia.