“Maior vergonha da história do Corinthians”, Neto aponta culpados por eliminação na Libertadores

O comentarista perdeu a paciência. Neto encontrou os responsáveis pela maior vergonha da história do Corinthians

Na última quarta (7), o Corinthians perdeu para o Independiente Del Valle por 3 a 0, fora de casa, pela 5ª rodada da Libertadores. Com o resultado, foi eliminado do torneio, pois tem apenas quatro pontos e não consegue mais alcançar o 2º colocado do Grupo E. Agora, o Timão espera conseguir uma vaga na repescagem da Sul-Americana. Em meio a esse cenário, Neto apontou culpados pelo momento do clube alvinegro, classificando-o como a “maior vergonha da história do Corinthians”.

Maior vergonha da história do Corinthians

Em seu canal no YouTube, Craque Neto mostrou sua indignação com o vexame na Libertadores e até mesmo chegou a caracterizá-la como a maior vergonha da história do Corinthians:

“A maior vergonha da história do Corinthians não foi ter perdido o título para o Palmeiras em 1993. Não foi ficar 23 anos sem ganhar título. É o que tá acontecendo agora. 16 anos de pessoas mandando no Corinthians. 16 anos de Mário Gobbi, Roberto de Andrade…”.
https://www.youtube.com/watch?v=rCL1PDiENs4

Neto fez referência ao grupo Renovação e Transparência, que comanda o Timão nos últimos anos. Andrés Sanchez, ex-presidente alvinegro, é um dos fundadores do RT. O atual mandatário do Corinthians é Duílio Monteiro Alves, que é da mesma chapa que teve Gobbi e Andrade à frente da gestão. Política à parte, o comentarista também não perdoou comissão técnica e jogadores pelo vexame na Libertadores. O ex-jogador detonou geral pela derrota para o Del Valle.

https://twitter.com/Cisino102/status/1666645622680702978

Luxemburgo foi criticado por Neto por não ter mudado a estratégia durante a partida para tentar buscar a sobrevida na Libertadores. Mais do que isso, o comentarista ficou indignado com a postura dos jogadores dentro de campo. Ele não poupou críticas ao Corinthians:

“A eliminação dessa maneira é vergonhoso. Isso não pode ficar barato. É o absurdo do absurdo. Um jogo medíocre, sem tesão. Sem nada! 2 x 0 e ainda fica com três zagueiros, tá de brincadeira!”.
Matheus CristianiniMatheus Cristianini

Jornalista de 23 anos formado pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Passagens por Rádio Unesp FM, Antenados no Futebol e Bolavip Brasil. Apaixonado por tudo o que envolve o futebol. Tanto dentro, quanto fora das quatro linhas.