Mesmo não tendo um carro tão competitivo como na temporada passada e estando ele a 32 pontos de distância do líder Max Verstappen, no Mundial de Pilotos, Lewis Hamilton que renovou seu vínculo com a escuderia alemã por mais dois anos, diz que está animado com a temporada.

Em entrevista durante essa semana, Hamilton se disse animado com a disputa entre ele e Verstappen, o que lhe deixou mais unido à Mercedes. Aos 36 anos, o piloto inglês revelou que há anos não se encontrava tão contente com a categoria e com as disputas em pista.

"No começo da temporada, quando os carros estavam muito próximo em relação à performance, quase iguais, foi o período mais animado que vivi nos últimos anos. Por ter essa batalha com a Red Bull. Honestamente, esperava que isso se manteria no restante do ano, mas, como podem ver, eles estão bem a frente. Sempre nos encontramos em diferentes momentos em nossas vidas. Por isso, é importante tomar um tempo para avaliar a situação", disse ele em entrevista veiculada pela revista "Autosport".

Assim como as palavras do heptacampeão, o chefão da Mercedes segue a linha do piloto inglês, prometendo não abandonar a temporada.

"Não vamos desistir nesta fase da temporada. Não vamos desistir em nenhum momento da temporada, a menos que matematicamente não seja mais possível ganhar este campeonato", prometeu Toto Wolff, chefe da equipe Mercedes.

Próxima prova da temporada 2021

Para a alegria de Lewis Hamilton, que ao invés de estar preocupado, mostra certa simpatia com a temporada 2021 da F1, ele e seus concorrentes voltarão as pistas no dia 18 de julho, onde o inglês estará em casa, uma vez que teremos o GP da Inglaterra, a ser disputado em Silverstone (algo para contarmos mais próximo da data).