Kobe Bryant: de homenagens póstumas à revelação da viúva

No último 23 de agosto, o mundo estaria comemorando o 45º aniversário de Kobe Bryant, mas, infelizmente, a trágica manhã de 26 de janeiro de 2020 acabou com esse plano de celebração. A notícia do seu falecimento causou um impacto global, deixando inúmeros fãs órfãos e completamente desolados.

Dentre os que o admiravam, Kobe, também conhecido como Black Mamba, não se destacava apenas pelo desempenho excepcional no basquete, mas também por ser muito gente boa, humilde. Por isso, ele também era visto como um herói, um ícone, cuja influência ia além das quadras da NBA.

Estátua em frente à Crypto Arena

No início do mês já havia rumores sobre uma homenagem ímpar que iria deixar todos emocionados por parte do Los Angeles Lakers a lenda Kobe Bryant. E na manhã da última quinta-feira (24), a viúva do atleta, Vanessa Bryant, trouxe a tão aguardada revelação.

Em um vídeo postado nas redes sociais, ela revela emocionada com gratidão que o seu parceiro de vida será homenageado com uma estátua de bronze, em frente à Crypto Arena, casa do Lakers, time que Kobe defendeu e fez história.

 

Homenagens a Kobe Bryant 

Dentro do basquete, poucos tiveram o privilégio de compartilhar momentos íntimos além das quadras com Black Mamba, mas sortudos, como Paul Gasol, LeBron James e Shaquille O'Neal, foram mais do que companheiros de equipe do lendário número 24, foram amigos.

No entanto, passados mais de três anos da tragédia, a tristeza permanece, mas, ao invés de deixar o luto dominar, todos optaram pelo #KobeDay ou #MambaDay, um dia em que ele é honrado e homenageado.

Inevitavelmente, as jogadas, os momentos de pura paixão e a alegria, além da determinação inabalável de Kobe serão sempre lembradas e exaltadas. Os tributos se espalharam pelo mundo, provando que o Mamba Mentality está mais viva do que nunca. Porque o jogador marcou muito mais que cestas; ele marcou corações e mentes.

Tity Marx Tity Marx

Na verdade, não fui eu que escolhi o jornalismo e sim ele que me escolheu. Sem dúvidas, a profissão é como um oceano que precisa ser desvendado na sua profundeza, só assim é possível conhecer e respeitar toda sua beleza.