Jimmy Butler no Brasil! A estratégia de Marketing do Flamengo que deu certo

Não é nada fora do comum que jogadores de futebol gostem de outros esportes, sua grande maioria sempre fica ligado na NBA e sempre que podem, estão presentes nos ginásios esportivos para acompanhar uma partida de basquete. As idas de jogadores para ver um confronto sempre acontecem em dois períodos, o primeiro no meio do ano, com as férias do calendário europeu. Por outro lado, nas férias de final de ano, alguns jogadores, em sua grande maioria do Brasil, viajam para os Estados Unidos para acompanhar uma partida da competição.

Enquanto isso, acaba sendo raro ver jogadores da NBA desembarcarem em solo brasileiro para acompanhar uma partida de futebol. No entanto, após a decisão da competição deste ano entre Denver Nuggets e Miami Heat, o astro Jimmy Butler desembarcou em solo brasileiro para aproveitar um pouco as suas férias.

Vale ressaltar que sua equipe perdeu a final da NBA, porém, em meio a tristeza do vice-campeonato, o jogador é uma celebridade que se destacou por gostar do país. Na última edição da Copa do Mundo do Catar, viralizou vídeos onde Butler vestia a camisa do Brasil e claramente torcia para a seleção nas partidas do mundial.

“Jimmy Butler no Flamengo é o que queríamos”. A firma executivo de marketing do clube

No último dia (23), aconteceu em São Paulo mais uma edição do Conafut (Conferência Nacional de Futebol). Nele, personalidades de diversos meios ligados ao esporte marcaram presença, entre os participantes, Marcos Senna Motta, executivo de marketing do Flamengo. Em entrevista exclusiva concedida ao portal Minha Torcida, o profissional falou sobre a vinda do astro da NBA ao Brasil e afirmou que passou 100% por eles a vinda do jogador e que a intenção é transformar o nome Flamengo mais global. Veja abaixo;

Um um atleta como o Jimmy Burger vem ao Brasil ele nos ajuda assim como aquele projeto Tondela também nos ajuda num dos objetivos de negócio que nós temos que é tornar nossa marca cada vez mais global…  A Gente que ré  a nossa marca mais global, porque a gente quer crescer,  e a gente entende que o crescimento não precisa ficar limitado ao Brasil. O Brasil tem cinco milhões de habitantes morando fora do Brasil, e nós somos vinte por cento do Brasil. Então a gente tem cerca de um milhão de brasileiros que torcem pro Flamengo espalhados pelo mundo, e a gente quer atingir eles também, trazer benefício pra eles, como pra todos os outros que tiver, que quiserem entrar no nosso no nosso ecossistema. Então, tem a ver com marketing e a uma vinda dum uma ligação do Jimmy Butler com

Além disso, vale ressaltar também, que o próprio Jimmy Butler alegou um desejo de jogar no Flamengo, porém não hoje. Em entrevista ao canal oficial do clube, o jogador disse que mais para o final da carreira tem o desejo de vestir o manto rubro-negro e jogar no clube.

Raphael Almeida Raphael Almeida

Jornalista 33 anos. Atualmente sou repórter e comentarista na Web Rádio Bate Fundo Esportivo. Redator no portal Minha Torcida com passagens por Premier League Brasil e Futebol na Veia.