Os ataques da Rússia a Ucrânia poderão respingar no Beira-Rio; calma, eu explico!

Com a venda de seu principal atleta até o final de 2020 para o Zenit - da Rússia, aqui nos referindo ao atacante Yuri Alberto, que fora comercializado por aproximadamente R$ 150 milhões, com os conflitos no leste europeu estão preocupando a direção do Internacional, que teme não receber os valores combinados em suas determinadas datas.

O grande motivo por esse possível atraso vem das sanções impostas por vários países à Rússia por conta deste conflito com a Ucrânia.

Recuo na contratação a Marrony

Com essa preocupação pelo não pagamento em dia por parte do Zenit - da Rússia quanto à compra de Yuri Alberto, faz com que a direção do Colorado tranque o acordo feito com o estafe de Marrony, que já estava acertado com o clube brasileiro, inclusive com passagem comprada pelo atleta para vir a Porto Alegre.

A aquisição deste jogador estava atrelada justamente aos valores pagos pelo Zenit para adquirir Yuri Alberto junto ao Inter; pelo valor já acima citado.

Vale aqui salientar que até a última terça-feira o Inter estava alinhado com o Midtylland para contratar o jogador por empréstimo, com cláusula de compra obrigatória. Porém, os próprios empresários do atleta informaram nesta última quarta (02) que o negócio foi cancelado.

Reforços para 2022

Além de Marrony, a direção do Inter ainda segue em busca de um ponta direita e um atacante móvel, com situações com Diego Rossi, Emmanuel Martínez e Brian Rodriguez em andamento, mas com forte possibilidade de melar.