Os fatos ocorridos em Wembley na final da Eurocopa, entre Itália e Inglaterra, fizeram com que a candidatura a Copa do Mundo de 2030 por parte da Grã-Bretanha fosse prejudicada.

A informação que aqui estamos repassando foi dada em primeira mão pelo jornal "The Telegraph".

O diário em questão diz que o peso maior por essa possível perca de força em sua candidatura a sede da Copa do Mundo de 2030, se dá pelos atos racistas aos próprios jogadores da seleção inglesa e também por invasões de torcedores ao estádio antes da bola rolar.

Portanto, a Associação de Futebol da Inglaterra deverá nos próximos dias convocar uma reunião para avaliar os fatos ocorridos na decisão da Eurocopa 2021 e consequentemente suas consequências, que podem prejudicar o país em sua candidatura como sede da Copa do Mundo já aqui citada por inúmeras vezes.

Ainda de acordo com o jornal inglês, cerca de cinco mil pessoas entraram sem ingresso no Estádio de Wembley na final da Eurocopa 2021, entre Itália x Inglaterra, que culminou com dois mortos e vários feridos nas confusões após o apito final do torneio

Para agravar ainda mais a situação, a UEFA abriu um processo disciplinar, o que para muitos ingleses é um golpe no objetivo de receber o Mundial.

Candidatos a Copa do Mundo de 2030

Além da Inglaterra, uma das favoritas a receber a Copa do Mundo de 2030 é a candidatura dupla da Espanha/Portugal, donde essa conta com forte influência de Luis Rubiales - presidente da Federação Espanhola de Futebol junto a UEFA, que também faz força para que essa seja a candidata principal do Velho Continente.