Sem essa de Barcelona, Paris Saint-Germain ou Real Madrid, Hansi-Flick é sim o mais novo comandante técnico da Seleção da Alemanha. O anúncio foi dado nesta terça-feira - 25 de maio e divulgado pelo jornal alemão "Bild".

O novo treinador irá assumir a seleção campeã da Copa do Mundo de 2014 após a Eurocopa, no lugar de Joachim Low, permanecendo no cargo até 2024; obviamente que esse vínculo poderá ser estendido.

O maior objetivo de Flick no comando da seleção alemã é sem dúvida alguma o título da Copa do Mundo de 2022, no Catar e também da próxima edição da Eurocopa, que será disputada em solo germânico.

Ainda de acordo com o jornal aqui já citado, Hansi-Flick como técnico da Seleção da Alemanha irá receber um salário anual na casa dos 6,5 milhões de euros - algo em torno de R$ 42 milhões.

Achou bastante? Pois digo que não será mais do que ele recebia quando comandava o Bayern de Munique, até a temporada passada. Porém, ele continua no hall dos técnicos mais bem pagos entre os que trabalham com seleções.

Veja o comunicado da Federação Alemã de Futebol

"Hansi-Flick é o novo treinador da seleção nacional. O técnico de 56 anos assinou o contrato na sede da Federação Alemã de Futebol, em Frankfurt, que também inclui a duração da Eurocopa de 2024".

Hansi-Flick na seleção

A Seleção da Alemanha não é algo que podemos dizer novo para o treinador aqui em destaque, visto que ele já fora auxiliar de Joachim Low - ao qual substituirá; entre os anos de 2006 a 2017, participando da comissão técnica campeã da Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

Assim como em nota a DFB anunciou o novo técnico da seleção do país, Flick também falou sobre assumir o comando desta; confira:

"Tudo foi rápido para mim, até a assinatura, mas estou muito feliz em poder trabalhar como técnico da seleção a partir do outono. Os dois anos no Bayern me ajudaram a ter o espírito de equipe e levarei muitas coisas que seguirão dando forma ao meu trabalho".