De volta a disputa do título mundial de pilotos na atual temporada da Fórmula 1, muito disso após duas vitórias em sequência, Lewis Hamilton que diminuiu a diferença de 21 pontos para apenas 8 com relação a Max Verstappen - líder do Mundial, prometeu seguir em frente até culminar com a conquista do oitavo título da categoria.

Se isso realmente vier a ocorrer, além de confirmar o seu brilhantismo, Hamilton se tornará o maior de todos os tempos, uma vez que será oito vezes campeão da Fórmula 1, deixando para trás ninguém menos de Michael Schumacher - com sete títulos.

Com 102 poles e 102 vitórias em sua carreira na Fórmula 1, Hamilton avisou que irá para o ataque total contra o rival nos dois próximos GPs, que serão realizados na Arábia Saudita e em Abu Dhabi, nos dias 05 e 12 de dezembro, respectivamente.

Sem esquecer de seu grande objetivo na temporada, o inglês parece ter ganho uma força a mais após a conquista do GP do Brasil, onde vamos combinar, foi incrível.

Confirmado pelo próprio piloto que destacou o seguinte em sua última entrevista:

"As últimas duas semanas foram fantásticas, simplesmente incríveis. Mas não há tempo para comemorações. Voltarei com a equipe já nesta semana, voltarei aos treinos, quero aqui deixar claro que estou focado", afirmou ele em entrevista a emissora britânica "Sky Sports".

Sem se deixar levar pelo momento

Nesta mesma, o piloto da escuderia Mercedes ainda destacou que não se deixará levar pelos momentos ascendentes em fase tão crucial da temporada, mas entende que tudo o que conseguiu fazer, sobretudo nas duas últimas etapas do calendários 2021, é o que na real ainda o mantém vivo na disputa pelo título, que se vier, será o oitavo de sua carreira na F1.

"Não há muita emoção, exceto pelo fato de me sentir motivado agora. Mas é incrível conseguir chegar tão perto com muitos pontos nessas duas últimas corridas, foi muito importante", ressaltou ele, finalizando a entrevista.