Antes da prova do domingo na Inglaterra, a Fórmula 1 irá testar um novo formato para o grid de largada, que será definido em uma espécie de corrida, com menos voltas, tendo essa um terço de duração da corrida em si. A mesma valerá pontos para o campeonato.

O grid de largada para essa "corrida curta", que fora denominada de "Sprint", será realizada na sexta-feira - 16 de julho. O mesmo formato se repetirá no GP da Itália, em setembro, e em mais uma prova do calendário 2021, possivelmente no Brasil.

A ideia dos organizadores da F1 com o Sprint é de transformar o treino de sexta-feira mais atrativo, visto que hoje em dia serve apenas para testes das equipes e também na tentativa de adicionar uma "pimentinha" a mais no final de semana de GP.

Não tendo 100% de aprovação por parte dos pilotos, a organização da F1 não deverá mudar todo o campeonato no futuro, mas sim escolher algumas pistas donde há maiores chances de ultrapassagens para adotar esse formato.

Como a formação do grid para o GP da Inglaterra irá funcionar?

Sexta-Feira - 16 de julho

A sexta-feira servirá para a formação do grid de larga para o Sprint, mas antes terá uma etapa do treino livre, com uma hora de duração. Após, os pilotos irão para a disputa da seção classificatória, dividida em três partes - Q1, Q2 e Q3. Essa sessão iniciará às 14h (de Brasília), definindo assim o grid para a corrida do sábado.

Sábado - 17 de julho

Com todos os pilotos dispostos na pista de Silverstone, o Sprint que terá 100km ou 17 voltas, iniciará às 12h30 (de Brasília). O mesmo não contará com trocas de pneus, podendo assim os pilotos escolherem com qual composto pretendem largar.

O resultado final do Sprint definirá o grid de largada para o GP da Inglaterra, no domingo, com os três primeiros da prova de sábado ganhando pontos: 3 pontos para o primeiro, 2 para o segundo e 1 para o terceiro. Neste dia não haverá comemoração no pódio, no entanto, o vencedor levará um troféu.

Domingo - 18 de julho

Com o grid definido na corrida de sábado, o GP da Inglaterra iniciará às 11h (de Brasília) e será composto por 52 voltas, como é tradicionalmente disputada. Nesta mesma, os pilotos serão obrigados a utilizarem pelo menos dois tipos de pneus diferentes, com a prova tendo seu tradicional pit stop.

GP da Inglaterra - 10ª etapa do calendário

O GP da Grã-Bretanha de Fórmula 1 terá seu início marcado para as 11h (de Brasília), sendo o mesmo transmitido ao vivo pela Band (na TV aberta).