Goleiro da Inglaterra é alvo de criticas após eliminação

Na Copa do Mundo 2022, realizada no Catar, a Inglaterra deu adeus novamente ao mundial. No último sábado (10), os ingleses caíram para os atuais campeões do torneio, os franceses por 2 x 1. Mesmo o atacante Harry Kane perdendo pênalti quando a equipe estava atrás do placar, os torcedores elegeram Jordan Pickford como o vilão da eliminação.

Pickford é o responsável pela eliminação da Inglaterra

Mesmo sendo intocável pelo técnico Gareth Southgate, alguns jornais ingleses chamaram o goleiro de lerdo. Isso se dá pelo primeiro gol tomado, quando Aurelian Tchouameni mesmo não chutando tão forte, acabou marcando e abrindo o placar.

“Ele estava a cerca de 25 ou 26 jardas, Bellingham está a cerca de 25 jardas do gol e atravessou suas pernas. Isso não desanimou Jordan Pickford, certo? Você quase tem que passar pela bola, entende o que quero dizer? Acho que a maioria dos goleiros da Premier League faz essa defesa, eu realmente faço. Acho que a maioria dos goleiros da Premier League faz essa defesa, ponto final. Acho que se você mostrar a Pickford para olhar para o gol, acho que ele levantará as mãos e dirá ‘Acho que posso fazer melhor por isso”, disse Ben Foster, ex-goleiro da Seleção Inglesa. 

Com a eliminação dos Three Lions, a equipe sofreu quatro gols no torneio, sendo dois contra o Irã e dois contra os Les Bleus. Ao todo, faz sete defesas, duas interceptações e terminando com uma taxa média de finalização de passes de 77,2% no Catar em cinco partidas.

Provavelmente, para a Copa do Mundo de 2026, que será realizada nos Estados Unidos, México e Canadá, os ingleses devem passar por uma  reformulação. Com uma boa safra, o mais ameaçado de perder o cargo é o técnico. Fontes locais, indicam que Steven Gerrad pode assumir essa responsabilidade por ter a “língua” dos atletas além de um passado muito vitorioso como jogador, pelo Liverpool.

Foto Destaque: Divulgação / FIFA

Bruno GabrielBruno Gabriel

Olá, meu nome é Bruno Gabriel, tenho 22 anos e estudo Jornalismo na Universidade Metodista de São Paulo. Pretendo seguir na área de esportes, é um sonho desde criança. Espero alcançar os maiores eventos esportivos com muita criatividade e bom humor.