Como todos apaixonados por futebol sabem, os jogos da Libertadores com transmissão na TV aberta para o Brasil estão nas mãos do SBT, no entanto, a mesma poderá voltar para a Rede Globo, segundo as últimas informações vindas do centro do país.

Com uma regra da Conmebol que impede a Globo de entrar na disputada do processo de licitação desses jogos até 2023, segundo o site "Notícias da TV", a gigante carioca acredita que poderá resolver essa questão até lá.

Lembramos que a Conmebol pede que a emissora brasileira pague um valor de US$ 120 milhões de indenização pela rescisão de contato, feito no último ano; valor esse corrigido para a nossa moeda no valor de R$ 642 milhões.

Com briga judicial entre as partes e para poder receber a carta-convite para fazer parte da próxima licitação, as negociações aqui acima citadas estão sendo administradas pela FC Diez Media, que atende a Conmebol em questões de marketing.

Na justiça e também nos bastidores, a Globo tenta uma solução amigável com a Conmebol, aonde no final do último ano a emissora carioca chegou a enviar dois executivos à entidade máxima do futebol sul-americano para uma reunião com o chefe da federação - Alejandro Dominguez.

O encontro em destaque teria sido amistoso, porém, a Conmebol se manteve firme e disse que a questão seria resolvida na justiça. Outro ponto que incomodou a Conmebol foi à maneira de como a Globo tratava a Libertadores da América, onde a mesma era a única que não exibia os patrocinadores oficiais do torneio sul-americano.

SBT apresenta os patrocinadores sem reclamar

Diferente da Globo, o SBT que detém os direitos até o final de 2022, não vê problema algum em apresentar esses patrocinadores, fazendo com que a Conmebol tenha uma relação muito estreita com suas parceiras e em sua visão, a emissora paulista dá um grande espaço para a competição, repercutindo seus assuntos o tempo todo.

Veremos os próximos passos desta novela que promete ter mais capítulos até dezembro de 2022.