Novela encerrada! Sim, estamos falando sobre o capítulo final de uma negociação entre a Federação Internacional de Futebol e a Rede Globo sobre o pagamento pelos direitos de transmissão da Copa do Mundo do Catar.

A informação foi dada neste último domingo - 22 de agosto, pelo jornalista Rodrigo Mattos, do site UOL.

Entenda a trama

A emissora brasileira e carioca pedia uma revisão do valor do contrato, de US$ 90 milhões, devido à crise causada pela pandemia do Coronavírus, porém, a FIFA não concordou com o argumento e o caso parou na Justiça.

No entanto, neste último final de semana, as partes entraram em um consenso, entendendo que as coisas poderiam ser resolvidas longe dos tribunais e assim a negociação extrajudicial, que ocorria deste março, ficou entendida entre a FIFA e a Globo; mas não como queria a gigante da TV brasileira.

De acordo com o jornalista já aqui apontado, não houve uma redução no valor solicitado pela emissora brasileira, mas sim uma adaptação no cronograma para a quitação deste montante.

Desta forma, a Rede Globo está confirmada como imprensa oficial para a transmissão da Copa do Mundo do Catar, em 2022.

Veja abaixo o que destacou a FIFA

"FIFA e Globo resolveram todas as questões pendentes de pagamentos. Todos os procedimentos legais foram retirados e a Globo continua a ser um parceiro de Broadcast da FIFA", destacou a entidade máxima do futebol mundial em um trecho desta nota.

A próxima edição da Copa do Mundo de Seleções será realizada no próximo ano, no Catar, entre os meses de novembro e dezembro, por conta do forte calor na região.