George Russell surpreende e conquista pole no GP da Hungria de F1

Aconteceu neste sábado (30), o treino classificatório para o GP da Hungria de Fórmula 1 2022. E de forma surpreendente, o inglês da Mercedes, George Russell conquistou a volta mais rápida. Por consequência, a pole position e largará na frente.

Em suma, esta foi a 1ª pole position conquistada pelo piloto britânico na maior categoria do automobilismo mundial. Assim, ele foi seguido por Carlos Sainz e Charles Leclerc respectivamente, ambos da Ferrari. Companheiro de Russell na Mercedes, Hamilton foi apenas o 7º colocado, enquanto o atual campeão da Fórmula 1, Max Verstappen, ficou apenas com a 10ª colocação.

Q1 do GP da Hungria

A saber, com a ameaça de chuva chegando, praticamente todos os pilotos foram para a pista. E logo de cara, a Mercedes estava fazendo uma dobradinha. Assim, Hamilton era o líder e Russell, o 2º colocado. Isto tudo, antes da entrada do carro de Max Verstappen na pista de Hungaroring, lar do GP da Hungria.

Quando o holandês entrou, logo de cara fez a volta mais rápida. E na sequencia, ainda melhorou seu tempo. Logo após isso, Lando Norris fez o 2º melhor tempo até ser superado por Sergio Pérez.

No fim do Q1 do GP da Hungria, os dois carros da Ferrari melhoraram seu desempenho, com Carlos Sainz indo para a 3ª posição (saindo da 6ª) e Leclerc subindo para a 8ª posição (saindo da 11ª).E já com bandeira quadriculada, Hamilton assumiu mais uma vez a ponta e Russell a 2ª posição.

Foram eliminados no Q1: Yuki Tsunoda (16º), Alex Albon (17º), Sebastian Vettel (18º), Pierre Gasly (19º), e Nicholas Latifi (20º).

Q2

Logo no início do Q2 na Hungria, Norris deixou os dois carros da Ferrari para trás e assumiu a liderança. Contudo, Verstappen não demorou para voltar à pista e assumir a liderança e desta vez, ficou até a bandeirada quadriculada na ponta.

Nos minutos finais, Leclerc desbancou Fernando Alonso na vice-liderança, enquanto Sergio Pérez flertou diversas vezes com a zona de eliminação. No fim, acabou dentro dela, na 11ª posição.

Portanto, foram eliminados: Sergio Pérez (11º), Guanyu Zhou (12º), Kevin Magnussen (13º), Lance Stroll (14º) e Mick Schumacher (15º).

Q3 do GP da Hungria

Logo no início do Q3 do GP da Hungria, Sainz tomou a liderança, sendo superado rapidamente pelo seu companheiro de equipe, Charles Leclerc. O monegasco contou com um erro de Max Verstappen para se manter na ponta, enquanto o holandês ficou com o 7º melhor tempo.

Nas últimas tentativas, o atual campeão da Fórmula 1 esbravejou no rádio, já que reclamava de estar sem potência no motor. Apesar de tentar seguir as recomendações de ajustes de seu engenheiro, nada funcionou e Verstappen não entrou na briga pela pole position.

Na realidade, a 1ª posição de largada do GP da Hungria parecia estar definida. Já que Carlos Sainz fez uma volta quase perfeita e assumiu a ponta a dois minutos do fim. Contudo, George Russell foi quem de fato fez a volta perfeita, e assumiu a liderança já na bandeira quadriculada, garantindo a pole.

Foto destaque: Repdorudção/Rudy Carezzevoli/Getty