Em jogo duro na manhã desta terça-feira, 27 de julho, o Brasil balançou as redes apenas uma vez com Andressa Alves e superou a fraca Zâmbia apenas por 1 a 0 no último duelo da primeira fase das Olimpíadas de Tóquio 2020.

Com essa vitória, o Brasil ficou na segunda posição no Grupo F, atrás da Holanda. Agora, é mata-mata e as brasileiras já sabem quem enfrentarão nas quartas de final do torneio de futebol feminino em Tóquio 2020.

O adversário será o Canadá, equipe que ficou em segundo no Grupo E. O jogo acontecerá na próxima sexta-feira, 30 de julho, às 5 horas (horário de Brasília), no Estádio de Miyagi. O confronto vale uma vaga na semifinal do torneio olímpico de Tóquio 2020 e reedita a disputa pelo bronze da Rio 2016. Na ocasião, as canadenses levaram a melhor e venceram por 2 a 1.

A atuação contra Zâmbia foi preocupante. O time brasileiro foi pouco efetivo numa defesa que havia levado 10 gols da Holanda. Além disso, 3 jogadores sofreram lesões no jogo e podem desfalcar o time nas quartas.

Jogos das quartas de final do futebol feminino

Brasil x Canadá

Data: 30 de julho (sexta-feira)

Horário: 5 horas (de Brasília)

Grã-Bretanha x Austrália

Data: 30 de julho (sexta-feira)

Horário: 6 horas (de Brasília)

Suécia x Japão

Data: 30 de julho (sexta-feira)

Horário: 7 horas (de Brasília)

Países Baixos x Estados Unidos

Data: 30 de julho (sexta-feira)

Horário: 8 horas (de Brasília)

Ouro inédito

Até agora, na história, as atletas do futebol feminino já conquistaram duas vezes a medalha de prata em jogos olímpicos, sendo uma em Atenas 2004 e a outra em Pequim 2008. O ouro inédito mais uma vez será o sonho de Marta e Formiga, atletas que devem jogar sua última olimpíada.

Já a técnica da seleção, a sueca Pia Sundhage, já conquistou três medalhas olímpicas, sendo duas de ouro em Pequim 2008 e Londres 2012 quando era técnica dos Estados Unidos e uma de prata no comando da Suécia na Rio 2016.